17 de junho de 2021

O Resumo da Ópera - Leituras e Releituras


Chegamos ao meio do ano e, com ele, meu já tradicional balanço de leituras ainda não resenhadas e então brevemente comentadas cá no resumo da ópera. Escrevendo esse post, dei-me conta de como tenho feito releituras nos últimos tempos. Várias das análises que fiz até aqui foram de livros que andei relendo - e tenho outros tantos na fila nessa mesma situação.


____________________________________

 
10 de junho de 2021

Projeto Agatha Christie: Assassinato no Campo de Golfe


Eu já descrevi Hercule Poirot em outras ocasiões. Um homenzinho extraordinário! (...) "Ordem" e "Método" eram seus deuses. Tinha certo desdém por evidências tangíveis, como pegadas e cinzas de cigarro, e sustentava que, por si só, nunca permitiriam que um detetive resolvesse um problema. Então batia em sua cabeça com formato de ovo com uma complacência absurda e comentava com grande satisfação: "O verdadeiro trabalho, é feito aqui dentro. Na massa cinzenta - lembre-se sempre da massa cinzenta, mon ami!"

Segundo romance protagonizado por Hercule Poirot, Assassinato no Campo de Golfe foi publicado inicialmente de forma serializada na Grand Magazine, de dezembro de 1922 a março de 1923, com outro título: A Garota de Olhar Ansioso. Em maio de 1923 o volume saiu como livro, pela editora The Bodley Head, já com o título atual, tendo sido bem recebido pela crítica.


____________________________________

 
3 de junho de 2021

A Ilha Misteriosa: um triunfo do espírito empreendedor e inventivo


— Nos livramos de tudo?

— Não! Ainda temos dez mil francos em ouro!

Um saco pesado caiu imediatamente no mar.

— O balão subiu?

— Um pouco, mas não tardará a descer de novo!

— O que restou para jogar fora?

— Nada.

— Esperem…! O cesto!

— Agarremo-nos à rede! E sacrifiquemos o cesto ao mar!

Era, com efeito, o único e último meio de prolongar a vida do aeróstato. As cordas que o prendiam ao aro foram cortadas e o balão, após a queda do cesto, subiu aproximadamente seiscentos metros.

Os cinco passageiros haviam se içado para a rede, acima do aro, e, agarrando-se à trama das malhas, contemplavam o abismo.

Se algum dia eu me descobrir numa ilha deserta, esse é um dos (muitos) livros que desejaria ter comigo. Pode parecer um desejo estapafúrdio, mas do que me lembro de Crusoé e também com o grupo que Verne nos apresenta aqui, todo náufrago pode esperar a sobrevivência afortunada de alguns volumes para ajudá-lo nos dias que virão (ou até o aparecimento surpreendente de um baú repleto de itens de primeira necessidade, incluindo, claro, livros). Digo isso não apenas por A Ilha Misteriosa ser uma leitura das mais prazerosas - as setecentas páginas da minha edição passaram meio que voando - mas porque ele é, basicamente, uma manual de como ser um náufrago bem sucedido (e, no processo, começar uma nova civilização nas terras que vocês acabou de “colonizar”).


____________________________________

 
31 de maio de 2021

A Vertigem das Listas: Dez Verborrágicos Personagens


Lulu: Sabe aqueles personagens que falam, falam, falam, às vezes até nos momentos mais inconvenientes? Eles falam quando estão nervosos, quando estão empolgados, dão verdadeiras preleções quando vão explicar alguma coisa (quando um sim ou não seria suficiente para responder à questão), costumam sair-se por tangentes cada vez mais prolixas de livre associações e possivelmente monologam mesmo quando estão sozinhos, tentando fazer sentido da torrentes de pensamentos que passam por suas cabeças?

Não, eu não estou me descrevendo. Bem, talvez um pouquinho. Ok, bem mais que um pouquinho. Pelo menos por escrito (não sou tão falante de viva voz. Pelo menos, acho que não?), sei que falo demais.


____________________________________

 

Desafio Retratos Literários - Ano 5


Ao longo desse mês tivemos mais uma edição do Desafio Retratos Literários, entrando já em seu quinto ano. E como, dessa vez, ele calhou de aparecer em maio, coincidiu com o aniversário do blog, o que me permitiu transformá-lo em parte da celebração. Para além disso, é sempre muito divertido ver o que outros participantes da brincadeira trouxeram para a mesa - eu realmente adoro ver as fotos de todo mundo, pego várias recomendações de leituras para as minhas listas.


____________________________________

 
27 de maio de 2021

As Bruxas da Noite: A História não Contada do Regimento Aéreo Feminino Russo Durante a Segunda Guerra Mundial


"Toda guerra pode ser contada de duas maneiras [...] Descrevem horror, sangue, imundície, desespero, traição, repulsa, ódio, medo, dor, terror; ou então colocando tudo isso de lado, concentrando a atenção na disciplina, na ordem, nas batalhas, nas conquistas, no método, na tenacidade e, por fim, naturalmente, na vitória. [...] No primeiro caso, quando se conta a guerra com todos os seus horrores, os homens parecem submetidos a um destino maior do que eles, a uma história que os domina e os esmaga, apagando sua voz. No segundo, pelo menos em aparência, são suas ações a determinar a guerra e a conduzir os acontecimentos. Mesmo que não sejam heróis, não tenham papéis de comando e sofram ou morram, sua sorte participa de um destino mais geral que ilumina seu significado e os torna protagonistas da história."

Descobri esse livro na pré-venda da Amazon (estou sempre dando uma espiada lá para descobrir se há novidades que me interessem e assim aumentar a minha já enorme lista de desejos) e me conquistaram capa, título e sinopse. O que posso fazer, se sou fascinada pelo assunto das grandes guerras?


____________________________________

 

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais. Para saber mais, clique aqui.

Cadastre seu email e receba a newsletter do blog

powered by TinyLetter

facebook

Arquivo do blog