14 de janeiro de 2019

Projeto Pratchett: Nation



“Somewhere out there, flying to him from the edge of the world, was tomorrow. He had no idea what shape it would be, but he was wary of it. They had food and fire, but that wasn’t enough. You had to find water and food and shelter and a weapon, people said. And they thought that was all you had to have, because they took for granted the most important thing. You had to have a place where you belonged.”

Mau está no mar, voltando para casa após superar os desafios da Ilha dos Meninos, quando a grande onda surge, deixando em seu caminho um rastro de destruição quase apocalíptico. Levada à Nação - a ilha da tribo de Mau - pela mesma onda, Ermintrude (ou Daphne, como ela prefere ser chamada) é a única sobrevivente do navio Sweet Judy, que a levava para encontrar o pai na sede das colônias britânicas na região. E, embora ainda não saiba, ela acaba de se tornar princesa herdeira do trono inglês, após a peste dizimar boa parte da família real do outro lado do mundo. E é assim que começa Nation, livro que Pratchett considerava o melhor que já escrevera: dois jovens sobreviventes numa ilha deserta, após um cataclisma que eles bem poderiam considerar o fim do mundo.


____________________________________

 
31 de dezembro de 2018

Uma Retropectiva Corujesca


Último dia do ano, último post de 2018, que, claro, é também a nossa retrospectiva. O que falar sobre os 365 dias que estamos deixando para trás? Bem, esse foi um ano cheio de altos e baixos, às vezes até traumático. Pessoalmente, tive de lidar com algumas verdades inconvenientes e complicações familiares - que, mesmo quando não ocorrem em nosso núcleo imediato, não deixam de nos afetar. Quanto ao resto do mundo, houve dias em que liguei o noticiário e não pude deixar de me perguntar se havia caído em alguma espécie de realidade alternativa ou voltado no tempo... Foram tantas as emoções dessa montanha-russa que foi 2018, que meu mais sincero desejo para 2019 é que ele seja um ano mais... entediante. Que seja um tempo de paz, tranquilidade e tolerância. Não é à toa que desejar que ‘você viva em tempos interessantes’ é considerado uma maldição, não uma benção. Estou um pouco cética quanto a essas possibilidades, mas, bem, se não formos esperançosos em pleno Réveillon, em que outra data poderemos ser?


____________________________________

 
30 de dezembro de 2018

360º: Uma Jornada Muito Esperada || Parte IV - É uma Casa Portuguesa, com Certeza


Chegamos, finalmente, na última parte desse diário de viagem, dessa vez com Portugal. Para ser sincera, Portugal não estava realmente nos meus planos, mas, pesquisando as passagens, descobri que fazer o stopover que a TAP oferecia saía mais barato que o voo direto de Londres para Recife - mesmo considerando os gastos com hospedagem. Em sendo assim, porque não passar mais dois dias em Lisboa?


____________________________________

 

A Vertigem das Listas: Doze Momentos Inesquecíveis de 2018


Lulu: Todo ano, quando chega nessa época, a gente meio que respira fundo e pensa “graças a deus, o ano acabou”. Olhamos para trás e vemos uma linha de momentos que, para o bem ou para o mal, marcaram esses 365 dias. Pode ser pequenos acontecimentos pessoais, realizações ou perdas; podem ser grandes eventos mundiais que nos impressionaram e tornaram-se indeléveis na memória.


____________________________________

 
27 de dezembro de 2018

360º: Uma Jornada Muito Esperada || Parte III - God Save the Owl


Quando um homem está cansado de Londres, está cansado da vida, pois há em Londres tudo o que a vida pode proporcionar”, disse Samuel Johnson, poeta, ensaísta, biógrafo e crítico dos mais importantes da história inglesa. Tendo a concordar com o doutor: sempre há algo mais para ver nessa cidade e, mesmo o que você já visitou pode te oferecer algo de novo.


____________________________________

 
14 de dezembro de 2018

Desafio Corujesco 2019


Lulu: Como de hábito, dezembro no Coruja significa a lista do Desafio Corujesco para o ano vindouro. De uns dois anos pra cá, o desafio tem sido feito em colaboração com a Tatá, do Randomicidades e claro que mantivemos a parceria esse ano!

Tatá: Apesar de eu ter falhado miseravelmente nas leituras desse ano (QUE ANO!), seguimos firme e fortes na parceria! <3 A intenção importa SIM! ;-)


____________________________________

 

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog