31 de julho de 2019

A Vertigem das Listas: Mais Dez Damas Astutas


Lulu: Nos quarenta e cinco minutos do segundo tempo (porque pessoa esperta aqui esqueceu de escrever o post no início do mês e só se lembrou… ontem), estamos com o vertigem desse mês! Que lembra um dos temas que mais me divertiu escrever desde o início da coluna: damas astutas. Assim é que agora em julho trazemos Mais Dez Damas Astutas para compartilhar com vocês, tiradas diretamente da cartola… digo, da memória.

Vamos ver quem aparece tanto na lista, hum?

1. Começo por Portia de O Mercador de Veneza, que merece ser lembrada como uma das mais espertas personagens femininas de Shakespeare. Portia se travestiu de jovem advogado para defender Antonio - amigo de seu recente esposo, Bassanio - contra Shylock, num julgamento que todos davam por perdido. Embora eu tenha minhas ressalvas à crueldade com que Shylock é tratado na história (não que ele não seja também particularmente venenoso), a apoteose de Portia é uma das melhores coisas da peça.

2. Continuo minha lista com um nome bastante óbvio: Hermione Granger, da saga Harry Potter. Hermione é inteligente, estudiosa, sempre tem ideias integrantes e soma à astúcia coragem e lealdade. Ron e Harry teriam morrido umas dez vezes antes do fim da história se não fosse por ela…


3. Em seguida vem Calpúrnia Tate, protagonista do excelente A Evolução de Calpúrnia Tate. Esse é um daqueles livros que eu queria ter lido quando criança para ter Callie como um modelo em que me inspirar. Curiosa e contestadora, Callie se junta ao avô naturalista para fazer suas próprias investigações da natureza, enfrentando para tanto preconceitos sobre o lugar da mulher na sociedade da virada do século XX.

4. Violet Baudelaire, a mais velha dos irmãos Baudelaire de Desventuras em Série é uma inventora. Inteligente, decidida, disposta a todo tipo de desafio para manter a família unida e proteger os irmãos mais novos.


5. Para terminar minha lista, indico a Dra. Temperance ‘Bones’ Brennan, antropóloga forense e protagonista da série Bones. Gosto muito dessa série, especialmente as primeiras temporadas. Brennan é uma cientista brilhante, mas deixa a desejar um pouco em traquejo social - algo que vai aprender ao lado do parceiro do FBI, Seeley Booth. Há qualquer coisa da relação entre Sherlock Holmes e Dr. Watson na amizade de Bones e Booth, que foi o que primeiro me chamou a atenção quando comecei a assistir, mas eles têm seu próprio charme, resolvendo crimes, resmungando e compartilhando histórias com os outros membros do laboratório da Brennan.



Ísis: Nossa, Lulu me liga um dia antes para lembrar de escrevermos o Vertigem, e isso eu no meio de uma maratona de “plantões” de aula… Mas ordens da Rainha a gente não recusa! XD

1. Minha primeira indicação é Izzy de Shadowhunters. Nos livros, a Izzy já é bastante habilidosa, considerada uma das melhores caçadoras apesar de sua idade. Entretanto, a série de TV elevou-a a um patamar que eu considero possivelmente danoso às meninas procurando uma heroína a qual aspirar. A Izzy da série de TV é praticamente perfeita: ela é linda, sexy, sabe o que gosta e o que quer, não tem medo de ser ela mesmo, é super inteligente, é mestra em tecnologias, armas, biologia (ela que é a médica legal do Instituto de Nova Iorque) etc. Assim fica elevado demais o nível de perfeição e temo que possa ter o mesmo dano que a Barbie tem (perfeição inalcançável…). Apesar disso, ela é uma mulher fantástica e altamente astuta, então certamente merece encabeçar minha lista.


2. Shadowhunters foi cancelada (por enquanto!), mas eu acabei assistindo outra série quase que precursora: a série Teen Wolf. Sempre achei que seria bem besta, mas estou gostando de todas as tramas que vão se desenrolando ao longo das 5 temporadas que já assisti… E a minha indicada em segunda lugar é Lydia Martin, uma personagem que eu comecei odiando na segunda temporada, mas acabei adorando depois. Hoje, Lydia é uma das minhas preferidas…. essa linda e inteligente ruiva começa com uma simples patricinha, mas, durante a história, descobrimos que ela esconde o quanto é inteligente. Na medida que seus poderes e as estórias se desenrolam, Lydia demonstra ser indispensável, quer por ser uma Banshee, quer por seu gênio. A empatia dela também é bem trabalhada em seu progresso pessoal.


3. Pocahontas… quem já leu sobre a história original sabe que não termina bem, então vou deixar bem claro que me refiro à versão da Disney. Essa linda moça sempre me chamou atenção, vez que ela não somente tem uma forte conexão com o meio ambiente — tema que me atrai bastante — como representa a questão da exploração e do abuso, outra que me interessa. Fora a trilha sonora linda e o final inédito dados os padrões da Disney, a personagem em si é bem amável. Gosto dela porque sabemos que ela tem suas fraquezas, que é bem humana, mas amadurece bastante quando posta em contato com o novo/diferente.


4. Mary Poppins é originalmente um livro - que eu nunca li, mas assisti ao documentário sobre o making-of do filme (da Disney, de novo)... serve? Se a palavra do mês é “astuta”, poucas personagens incorporam essa palavra tão perfeitamente: ela é “praticamente perfeita, descrição da própria. Mary é uma babá perfeita: sabe ser rigorosa quando necessário, mas também sabe ser gentil, sempre educando bem seus pupilos. Por fim, ainda tem as músicas, que eu volta e meia me pego cantando, imortalizadas pela fantástica Julie Andrews! O/*/


5. Kou Shuurei de Saiunkoku Monogatari para terminar. Tenho quase certeza que já mencionei essa personagem antes. A história se passa num país fictício que se assemelha à China antiga. A personagem principal quer se tornar funcionária pública, coisa que era inviável para uma mulher. Eu gosto muito de como ela se esforça MUITO pra ir conquistando seu lugar, coisas que não se repetem muito em mangá.




____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog