15 de outubro de 2011

Coruja Gourmet: Creme de Milho


A receita de hoje é um clássico de mamãe e um dos segredos de seu sucesso. Não importa o dia ou a hora que você chegar lá em casa, vai encontrar servida uma mesa deliciosa em menos tempo do que leva bater um dedo de prosa. De acordo com Dona Mãe, o creme de milho verde é perfeito para quando chegam desavisados em sua casa porque ele é muito simples e rápido de fazer e fica bonitão na mesa.

Creme de Milho Verde

Ingredientes

* 1 cebola ralada pequena
* 1 colher (sopa) rasa de margarina
* 1 colher (sopa) cheia de maizena
* 200mg de creme de leite (equivale a uma caixinha)
* 1 colher (sopa) rasa de queijo ralado
* 1 colher (café) bem rasa de alho
* 1 litro de leite
* 225 g de milho verde (equivale a duas latas)
* Salsinha e Cebolinha (coentro se não houver salsinha)
* Sal a gosto

Modo de preparo


Em uma panela coloque a cebola ralada com a margarina. Refogar. Quando começar a sentir o cheiro da cebola, colocar o alho. Desliga o fogo e joga na panela metade do milho verde (uma lata). Tempera com cheiro verde a gosto – quatro talos de coentro e dois talos de cebolinha picados, ou mais ou menos uma mão cheia - mais uma pitada (uma colher chá rasa) de tempero pronto. Dá mais uma última refogada.


Bater no liquidificador a outra lata de milho, junto com o leite e a maisena. Jogar a mistura resultante na panela, levando ao fogo médio, mexendo sempre para não embolar. Quando levantar fervura, baixe o fogo e adicione o creme de leite, prove e se necessário, ponha sal a gosto (uma colher rasa de chá de sal ou mesmo de arisco).


Para deixar ainda mais apresentável (e porque queijo é sempre bem-vindo), polvilhe o creme com queijo ralado na hora de ir à mesa.

Conclusões

Toda vez que Dona Mãe faz desse creme cá em casa, a gente come de repetir e lamber os beiços... é um prato muito gostoso, capaz de substituir o feijão, casando bem com uma carne assada e batatinha. E, como bem lembrou a chef fica bonito na mesa, dando a impressão de que você se esfalfou toda na cozinha. HUAHUAHUA...


Mas não contem para Dona Mãe que contei o segredo dela, ok?


A Coruja


Arquivado em

____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog