4 de julho de 2011

Desafio Literário 2011: Julho - Novos Autores || Sussurros de uma garota apaixonada



Sussurros de uma garota apaixonada apresenta Brooke Watson, uma novata na Universidade de Standford. Brooke não queria saber nada de garotos, apenas queria se concentrar nos estudos e ser uma boa médica no futuro. Danny Garcia entra em sua vida, um garoto arrogante que a maioria das pessoas da Universidade detesta. Ele é morto por um Serial-Killer do campus e Brooke é a única que consegue vê-lo. Eles se detestam, mas tem que trabalharem juntos para descobrir quem é o assassino que está matando meninos no campus da Universidade.

E mais uma vez o amor ultrapassa os limites da morte…

Desde antes do lançamento deste livro, eu já estava apaixonada pelo projeto gráfico do mesmo. A capa, as cores, o acabamento... e quando vi o bendito na livraria com seu tamanho menor, super-charmoso, aí é que babei mesmo. Aliás, eu bato palmas para a Editora Underworld nesse aspecto: o trabalho de arte deles é soberbo.

Como faz parte da minha rotina, ao chegar à livraria, coloquei um monte de livros na cesta (como se estivesse fazendo feira) e depois saí à procura de um lugar para me aboletar. Sussurros de uma garota apaixonada estava pelo meio e não for surpresa que eu acabasse começando por ele.

Não tinha nenhuma grande expectativa sobre o livro, porque não conhecia a Mandy Porto, nunca tinha lido nada dela. Lá pelas tantas, contudo, tive a impressão de que conhecia aquela história – e não apenas pela fórmula já batida de garota encontra garoto presumido bad boy com um pé no sobrenatural e etc, etc, etc. Fazendo uma forcinha na memória, finalmente me dei conta de onde é que eu conhecia aquele argumento: a série A Mediadora de Meg Cabot.

Não que seja um plágio, vejam bem. O que quero dizer é que na essência, a idéia é a mesma.

A Mandy escreve bem, tem umas tiradas ótimas – adorei algumas das referências que ela faz à cultura pop atual – mas a verdade é que ainda tem um bom caminho à frente para percorrer. Tive a impressão de que a história estava muito corrida – acho que, considerando todo o lance de psicopata assassino à solta e fantasma residente apaixonado, dava para ter desenvolvido a história.

Meu grande porém com o livro, contudo, foi mais porque ele esbarrou numa cisma pessoal minha – o mesmo motivo pelo qual não fui muito com a cara do final de Harry Potter, aliás. Não digo do que se trata com todas as letras ou vou entregar o final. O caso é: não gosto de soluções mágicas que devolvem tudo ao status quo original. Acredito na jornada do herói, e que uma coisa só pode ser ganha através de um sacrifício de igual valor. Princípio da troca equivalente.

Em outras palavras, sou radicalmente contra o fato de que determinados atos não tenham conseqüência. E, se quer mudar uma inteira linha temporal para modificar uma situação, então, por favor, me dê um motivo muito bom para isso, tal como a continuidade do espaço-tempo.

Em resumo, o que tenho a dizer sobre esse livro? Acho que a Mandy tem potencial. Baseando-me apenas em Sussurros de uma garota apaixonada, também acho que ela precisa desenvolver um pouco mais seu próprio estilo. Seja como for, ficarei de olho nos próximos livros dela.

Nota: 3
(de 1 a 5, sendo: 1 – Péssimo; 2 – Ruim; 3 – Regular; 4 – Bom; 5 – Excelente)

Ficha Bibliográfica

Título: Sussurros de uma garota apaixonada
Autor: Mandy Porto
Editora: Underworld
Ano: 2010
Número de páginas: 243



A Coruja


____________________________________

 

6 comentários:

  1. Tenho até vontade de ler esse livro, mas no momento estou meio que correndo de qualquer coisa que tenha romances no meio, culpa pra variar da minha desastrosa vida amorosa. Mas enfim, depois de ler a sua resenha bateu mais vontade, mas acho que vou deixar ele na lista dos meus próximos livros a serem lidos.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha, acho que foi honesta e imparcial. Estou lendo Perseguição digital, de Loraine Pivatto
    e minha opinião é parecida com a sua em relação a esse livro - a autora escreve bem mas pode tirar mais emoções do tema escolhido.

    ResponderExcluir
  3. Do romance: não é bem o tipo de premissa que me agrade, mas fico intensamente feliz ao ler uma resenha tão bem escrita como essa.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Nossa, adorei a sua resenha. É bom ler coisas honestas e bem escritas ;D
    Tbm achos as capas dessa editora lindas.

    Beijoka

    ResponderExcluir
  5. Pelo que entendi da sua resenha (muito bem escrita por sinal) é o tipo que livro que nãaaaao faz a minha cabeça...
    Tks!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. realmente o trabalho da Underworld é maravilhoso!
    eu li algumas críticas sobre o livro, algumas pessoas acharam que poderia ter amadurecido antes da publicação... mas ai é questão de gosto mesmo.
    ainda penso em dar uma conferida no livro pra ver se concordo com o que vc disse.
    parabéns pela resenha
    beijos
    bibs

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog