12 de outubro de 2011

Meme Literário: Dia 12 - Se você pudesse conhecer um lugar/mundo que só existe nos livros, qual seria?





Dia 12 – Se você pudesse conhecer um lugar/mundo que só existe nos livros, qual seria? Por que?

Não preciso pensar muito nessa... é só pensar no desejo que tenho desde criança de conhecer a Grécia.


Ok, sei que a pergunta é ‘um lugar que só existe nos livros’, mas a Grécia que me acompanhou por toda a infância e que subsiste na minha cabeça até hoje é a terra dos deuses e semideuses, dos grandes heróis e dos mitos da liberdade e democracia que conheci nas aventuras dos personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Pois é, Monteiro Lobato de novo.



Nunca vou me esquecer de Dona Benta tendo palpitações de fã diante de Péricles e Sócrates, da visita ao Partenon ainda sendo construído, repleto de blocos de mármore ainda não esculpidos e não as ruínas nostálgicas que temos hoje.

Melhor que isso, só quando Pedrinho, Emília e o Visconde “mergulham” para mais fundo na História, a fim de encontrar Hércules e acompanhá-lo em seus doze trabalhos. Como eu não vibrei com as tiradas da Emília, com os esforços do herói, com os monstros e criaturas magníficas que cruzavam o caminho dos personagens?

Como eu queria tê-los acompanhado na visitinha ao Olimpo, quando roubaram ambrosia e néctar para saber ‘que gosto tinha’, ou ficado de olhos arregalados diante de Medeia, picando o pobre Visconde em seu caldeirão para curá-lo da loucura... quando visitaram as amazonas, ou exibiram Cérbero como um animalzinho doméstico na coleira, pelas ruas da cidade, a caminho de Eristeu...

Até hoje, sinto uma tremenda vontade de visitar a Grécia – e hei de ir lá um dia. Mas sei que, por mais belas e fantásticas que sejam suas ruínas; por mais incrível que possa ser o sentimento de caminhar pelas ruas de Atenas com a consciência de tantos outros personagens maravilhosos que caminharam ali, quando estiver diante delas, sentirei um momento de perda, de tristeza por todas as ruínas que, graças a Lobato, eu tinha inteiras e perfeitas em minha imaginação.



A Coruja


____________________________________

 

2 comentários:

  1. Poxa, gostei dessa resposta.
    Depois que li "O Dia do Curinga" também fiquei com vontade de dar uma viajada e conhecer a Grécia... essa coisa filosófica deixa todo o local com um ar diferente. É impossível não querer conhecer!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Nossa!! DAs melhores respostas que li do dia de hoje!!!

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog