11 de novembro de 2010

Conversas sobre o tempo: para onde está indo o tempo???

Nos últimos dias, Recife tem estado com o clima meio louco... amanhece quase sempre nublado, com cara de chuva, soprando um vento fino e frio por entre as frestas - aquele vento que só nos dá vontade de ficar na cama, debaixo do cobertor... Chego no escritório, me interno na minha sala e, na maioria das vezes, praticamente só saio de lá quando já está na hora de ir embora.

Então, Recife está um calorão, aquele sol que chega nos arrebenta a cabeça de dor, faz arder os olhos com o cozinhar do asfalto, nos deixa molhados de suor e até tira o fôlego.

Meu reino por uma sombra...

___________________________

Enquanto todo mundo que conheço reclama que está acima do peso (hein?) minha mãe chegou à conclusão de que estou subnutrida. Não, sério, se ela pudesse enfiar comida ela minha goela abaixo, ela enfiaria.

Não é que eu não coma. O problema é que ultimamente ando um pouco sem apetite, ficando cheia mesmo comendo pouquinho. Até sobremesas ando pulando - e vou dizer, quando Lulu nega brownies de chocolate, é porque a coisa está feia.

Cansada de ouvir D. Mãe reclamar que estou virando um saco de ossos, fui me pesar na frente dela para prova que a coisa não estava assim tão ruim. Quando vi meu peso, porém, meus olhos esbugalharam e tive de concordar com ela que alguma coisa está errada.

Como assim 45 kg??? Até semana retrasada eu estava com 48! Como foi que sumiram três quilos, assim, do nada? Acho que a única vez em que estive tão magra foi no auge da crise gástrica que me levou a largar a faculdade de jornalismo.

É oficial: tenho de ir ao médico descobrir o que está acontecendo dessa vez...

___________________________

Semana passada fui à ópera. Cara, eu aceito qualquer desculpa para ir ao Santa Isabel, mas devo dizer que me diverti muitíssimo com a montagem de O Morcego, de Strauss.

E, finalmente, consegui tirar uma foto com o lustre do Santa Isabel. Há anos que eu namoro esse lustre - o teatro inteiro é lindo, mas esse lustre é uma obra de arte à parte!




E domingo, dia 14, vou à Fliporto! Quero ver se consigo um autógrafo do Alberto Manguel... quem sabe, até tirar uma foto!

Hehehe... momento fangirl à vista...

___________________________

Eu. Preciso. Terminar. A. Monografia.

___________________________

Para onde está indo o tempo? 2010 tem sido um ano tão absurdamente corrido que toda vez que olho o calendário, me assusto a pensar como o tempo passou rápido.

Essa é uma sensação absurdamente clichê, eu sei. Clichê e repetitiva, mas não posso deixar de pensar com meus botões que, quando eu era criança, o ano não passava, nem de longe, tão rápido quanto eu gostaria - e agora que desejo que o tempo se estenda para que eu possa ter tempo de fazer tudo que tenho de fazer, ele passa rápido demais para meu gosto.

Essa passagem de tempo tão rápida me dá um sentimento... que não sei como chamar. Talvez a descrição mais apurada do que tenho sentido nesses últimos tempo é aquela da primeira estrofe de Roda Viva... Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu/A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu...

___________________________

Oi, tio Fafa!

___________________________

Ontem foi o aniversário de 50 anos do tio Gaiman. Vamos todos dar uma salva de palmas e desejar que ele continue nos brindando com sua genialidade por mais cinqüenta, sessenta, oitenta anos!

___________________________

Estou adorando ler as respostas de vocês na pesquisa de opinião. E Dani, sinta-se à vontade para fazer um layout para o Coruja. Você pode fazer ele para o aniversário de dois anos, em maio. Ficarei absolutamente feliz e contente!

___________________________

Eu estava com um texto prontinho, todo na minha cabeça, para escrever na véspera das eleições. Afinal, sendo uma pessoa masoquista como sou, eu acompanhei toda a propaganda política, os debates, as confusões...

A falta de tempo, contudo, me impediu de escrever, e, a essa altura, a coisa já é notícia velha - bem como o que aconteceu depois, com a onda de preconceito sulista contra o Nordeste.

Resumo então tudo o que gostaria de dizer sobre o assunto numa única frase, porque, com toda a sinceridade, no meu estado atual de ânimo, não estou particulamente a fim de criar uma polêmica (outro dia, quem sabe, eu tenha paciência para escrever sobre o assunto sem querer mandar ninguém para os quintos dos Infernos):


O problema do Brasil é que brasileiro tem memória curta.


Interpretem a frase como quiserem - seja de um ponto de vista político-social ou histórico. Só digo mais que é por essa tendência ao Alzheimer que se pode dizer que'nunca dantes na História desse país': com memória de peixinho dourado, é realmente difícil ir muito além de oito anos atrás... que dirá 400, 500 anos antes...



A Coruja


____________________________________

 

2 comentários:

  1. Inveja das manhãzinhas de Recife... Nem um pouco de inveja de Hellcife em pleno meio-dia... =P
    _______________

    Sério? Quer alguns dos 30kg que eu tenho sobrando? =P

    Brincadeiras à parte: Melhor procurar mesmo um nutricionista ou endocrinologista. D. Mãe Coruja tem razão!
    _______________

    Meu Deus... Lulu em momento fangirl! Lembra de pedir pra alguém filmar, pq com certeza vou querer ver isso. xD
    _______________

    TERMINE! Nem que precise se isolar por uma semana com essa intenção!

    Os fãs do Coruja vão entender, eu acredito...
    _______________

    Estranho como sua percepção de tempo, ou da FALTA dele, vai mudando quando a pessoa vai envelhecendo.

    Tem dias que eu queria que meus dias durassem tanto quanto eu achava que eles duravam a 20 anos atrás... Pqp, me senti um ano mais velho depois de escrever essa frase!
    _______________

    Er... Quem? =P
    _______________

    Parabéns ao tio Gaiman!

    *coloca o som de uma salva de palmas em loop no som*
    _______________

    Agora fiquei curioso pra ver o layout feito pela Dani. =P
    _______________

    Isso lembra uma frase que eu costumava citar na época do colégio... "Em países desenvolvidos, existe um povo, uma nação. No brasil... é só um monte de gente que vive junto."

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de dizer na pesquisa de opinião, mas depois disso, tenho que dizer agora:

    Parte da diversão de ler o coruja é ler os comentários do André! Que tal um espaço permanente pra ele no blog?
    XDD

    bjão e façamos um pacto com nossos relógios... quem sabe eles não nos dão uma trégua?

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog