6 de agosto de 2010

Na sua estante: onde há fumaça, há fogo





#022: Onde há fumaça, há fogo
---------------------------------------


A primeira coisa que ele percebeu quando saiu do elevador foi o cheiro de queimado. A segunda, quando abriu a porta do apartamento, é que o cheiro – e a fumaça – vinha de sua casa e não do vizinho.

Largando a mochila de qualquer jeito na sala, André correu para a cozinha.

- O que você FEZ???

Beatriz ergueu os olhos para ele, piscando-os repetidas vezes, enquanto abanava o microondas aberto – a fonte da fumaça e do cheiro de queimado.

- A pipoca queimou. – ela respondeu de forma quase tímida.

Ele abriu e fechou a boca, tentando encontrar uma resposta para aquilo.

- Como é que você conseguiu queimar pipoca de microondas, Beatriz?!

- Bem... é porque no microondas antigo, para a pipoca ficar pronta, eu precisava colocar cinco minutos... – ela desviou o olhar, observando com uma expressão derrotada o aparelho à sua frente – Aparentemente, nesse microondas novo, ela fica pronta em menos tempo...

- Você é a única pessoa que eu conheço capaz de queimar pipoca de microondas... – ele balançou a cabeça - ...e miojo. Você também é a única pessoa em todo o mundo capaz de queimar miojo.

Beatriz deu de ombros.

- Deve ser um dom, muito provavelmente.


_______________________



Clique na capa para fazer o download da trilha sonora


A Coruja


____________________________________

 

2 comentários:

  1. Nossa, a Bia é a segunda pessoa que eu conheço capaz de queimar miojo!!

    A primeira é minha mãe! ¬¬

    ResponderExcluir
  2. Aqui é a simone, não consegui colocar meu nome. mas estou gostando bastante e não pude deixar de comentar pq eu também fui capaz de queimar mioje rsrsrs

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog