20 de maio de 2011

Na sua estante: Yesterday




#064: Yesterday
---------------------------------------


Yesterday
All my troubles seemed so far away
Now it looks as though they're here to stay
Oh, I believe in yesterday

Suddenly
I’m not half the man I used to be
There’s a shadow hanging over me
Oh, yesterday came suddenly

Ele gostaria de poder voltar no tempo. De apagar os últimos meses. De fazer de conta que ainda era o dia anterior, antes de ele atender aquele maldito telefonema, de voltar ali como o grande tolo que era... de escutar o que Mariana tinha para lhe dizer.

Beatriz tinha toda razão. Ele detestava ter que admitir que a irmã estivera certa o tempo todo.

Agora, contudo, era tarde demais. Jamais poderia voltar para o ontem – quando o mundo era bem mais simples, quando seus problemas eram ridículos, realmente, preocupações de uma criança brincando de ser adulto.

Teria de assumir suas responsabilidades, ainda que isso significasse abrir mão de todos os seus planos, de todos os seus sonhos.

Ele fechou os olhos, deixando a cabeça cair sobre o volante.

- Se minha mãe não me matar antes... – ele acrescentou para si mesmo – Eu estou tão ferrado...

_______________________



Clique na capa para fazer o download da trilha sonora



Clique na capa para fazer o download da trilha sonora



A Coruja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog