16 de março de 2015

Meme do Autor || Dia 16: O que você acha de triângulos amorosos?

Lulu: Depende... se eles ficam no plano platônico, são simplesmente dolorosos. Tipo a quadrilha de Drummond, em que João amava Teresa que amava Raimundo... Já escrevi esse tipo de triângulo e nunca achei uma maneira de fechar a história sem que todo mundo saísse mais ou menos machucado.

Mas se a coisa avança para a traição, acho simplesmente sórdido e quero que todo mundo termine a história se dando mal (ou, pelo menos, a parte que traiu). Para mim, traição implica falta de respeito e de amor. Acho que talvez fosse um desafio interessante tentar escrever um triângulo amoroso em que a criatura que trai fosse o ‘mocinho’, mas não sei se conseguiria simpatizar o suficiente com ele...

Ísis: Em geral, não gosto... Mas acaba que gostei de alguns filmes que os contêm...

Dé: Que precisam ser bem trabalhados, pois podem estragar completamente uma história.

Porém, se convincentes, são uma boa fonte de drama para a história.

Dani: Acho que nessa concordo com o Dé, são bons se bem feitos. Podem estragar facilmente uma boa história... Tudo depende da história em que forem inseridos.


Arquivado em

____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog