9 de novembro de 2010

Ases (Parte I - Ás de Espadas): Capítulo 08





spades Capítulo 08 spades
'É uma característica própria de irmãs caçulas, milady.'


MAKING-OF


E agora vamos todos nos dar as mãos e cantar "Hallelujah", pois 'um milagre aconteceu... nós temos de louvar!'.

Hoje faz exatamente três meses desde que postei o capítulo 07 de Ases. Desde então, venho assim num ritmo de devagar quase parando - escrevi mais da metade do capítulo oito ainda em agosto, travei, passei setembro e outubro escrevendo uma linha a um parágrafo (e apagando em seguida) e finalmente, depois de ver os comentários que tenho recebido na pesquisa de opinião, assentei-me na cadeira e jurei que não levantaria até terminar o bendito capítulo.

E finalmente, depois de acrescentar uma inteira cena que não estava no roteiro, consegui fechá-lo e ainda dar a deixa para o próximo.

Vamos todos louvar novamente. Amém, irmãos!

Eu tinha esse capítulo inteiro na cabeça desde o começo - ou melhor, a inteira cena de Emily e Amelie se encontrando em Hyde Park. Eu sabia o que queria fazer aqui: o oitavo capítulo serviria como contraponto à conversa de Alex e Thomas, uma espécie de espelho invertido (caso não tenham percebido, gosto muito de fazer isso) - no sete, Alex e Richard plantam a idéia de casar-se novamente em Thomas. Aqui, seria o papel de Amelie plantar as sementes na cabeça de Emily. Mas, em algum ponto dos meus dias muito corridos, meu tempo muito curto, a idéia original que eu tinha simplesmente fugiu da minha cabeça.

Mas tudo bem, acho que no final ficou melhor assim. Seria uma pena que Thomas e Alex não aparecessem; eu me divirto enormemente com eles. Além disso, creio eu que a idéia já se plantou no subconsciente de Emily - desde o princípio ela se admirou e sentiu curiosidade pelo jovem Sir Leigh; era necessário agora que eu fizesse o mesmo com Thomas.

Tenho aqui comigo alguns pensamentos sobre como a história continuará deste ponto em diante, mas não tenho mais certeza de que consigo seguir um rumo certo - parece que nunca consigo escrever mais que um capítulo a cada dois, três meses e nesse espaço de tempo, as coisas estão sempre, de alguma forma, mudando...

De qualquer forma, pretendo terminar a primeira parte da história no capítulo 10, o que significa mais dois capítulos para fechar esse ciclo inicial. Vejamos como farei para chegar lá...

Enquanto esperam o capítulo nove, não esqueçam de dar uma olhada no anexo, para entenderem alguns detalhes histórico-sociais da história. Considerando que há uma série de detalhes do tipo da história, é interessante dar uma olhada lá.

Preciso dizer que... NECESSITO DE COMENTÁRIOS COMO QUEM NECESSITA DE PIRULITOS? Hum... eram mesmo pirulitos? Bem, não importa, seja bonzinho e comente para que eu me anime a continuar escrevendo. E aceito sugestões!


TRILHA SONORA


Por algum motivo cm o qual não consigo atinar, o arquivo da trilha de Ases simplesmente sumiu do Mediafire. Sumiu, desapareceu, fez assim oh: *puf*. Inicialmente, fiquei mais que fula da vida. Mas aí, usando de toda minha boa vontade e paciência, reupei o bendito no 4shared.



Clique na imagem para fazer o download


Para completar e deixar todo mundo feliz da vida - ou simplesmente pelo fato de que sou maníaca e só vivo fazendo trilhas sonoras para tudo o que escrevo (ou só escrevo compondo trilhas sonoras, a depender do ponto de vista), há um segundo arquivo, com mais músicas que inspiraram os capítulos e personagens de Ases.

Caramba, hoje eu estou bastante prolífica, não?



Clique na imagem para fazer o download




A Coruja


Arquivado em

____________________________________

 

2 comentários:

  1. Ah! Finalmente um novo capítulo de Ases! =D
    Devo dizer que você alegrou minha terça feira imensamente?
    Ficou simplesmente maravilhoso. Mas, por favor, não mate seus leitores do coração demorando tanto para postar novos capítulos... =]
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ases!!! Que delícia!!!

    E, oh! Thomas!... *_______*

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog