8 de junho de 2009

+ 9 beijos para fazer um dia feliz - Parte I

Falei um pouco semana passada sobre meus planos para essa semana... Permitam-me que eu agora explique exatamente o que é “+ 9 beijos para fazer um dia feliz”.

Essa não é a primeira vez que faço uma coletânea como essa. A diferença é que nas vezes anteriores, 36 beijos para fazer um dia feliz e +40 beijos para fazer um dia feliz foram enviados exclusivamente para parte da equipe, visto ser completamente recheado de spoilers.

Não que não haja alguns spoilers nessa versão que lhes apresento aqui, mas alguns deles são esperados e outros, embora tenham sido escritos, não serão publicados. Após cada beijo, seguirá uma nota sobre ele, explicando mais ou menos a história por trás dele... O que significa, em outros termos, que vocês ganham o beijo e o making-of!

Serão três beijos por dia, um de cada site da equipe Marca Rubra: Expresso, Amaterasu e New Dawn. Eles já estão devidamente escritos e alguns são inéditos até mesmo para a equipe. Exclusividade corujal, isso sim!

Ok, tendo falado tudo o que eu tinha de falar... Divirtam-se e mostrem um pouco de amor para mim também. Comentem!!!!

_______________________

Falling Slowly
(Mina e Isaac – Expresso)

Falling slowly, eyes that know me
And I can't go back
Moods that take me and erase me
And I'm painted black
You have suffered enough
And warred with yourself
It's time that you won

Take this sinking boat and point it home
We've still got time
Raise your hopeful voice you have a choice
You've made it now
Falling slowly sing your melody
I'll sing along


Ele abriu os olhos devagar, momentaneamente confuso de onde se encontrava e porque estava dormindo sentado. Algo se mexeu em seu ombro e ele abaixou o rosto para dar de cara com Mina aninhada contra seu peito, encolhida sob a manta que envolvia precariamente os dois.

Isaac deu um meio sorriso. Eles ainda estavam sentados no balanço da varanda; neve caía silenciosa no pátio diante deles, flocos brancos banhados de luar.

Apesar do belo cenário, estava frio demais para que eles continuassem ali fora. E seus braços estavam dormentes por terem ficado muito tempo na mesma posição, de modo que não podia carregá-la para dentro. Teria de acordá-la.

Com a mais suave pressão, ele encostou os lábios à testa gelada da moça, ao mesmo tempo em que apertava de leve o corpo pequeno contra o seu.

- Mina?

Ela se encolheu ainda mais, fazendo uma ligeira careta.

- Não, Kieran, você não pode morder o Cão. – ela balbuciou, sem abrir os olhos.

Ele riu baixinho e o movimento dessa vez foi o suficiente para fazê-la despertar, erguendo os olhos para ele ainda meio grogue.

- Isaac?

_______________________


Antes que comecem a jogar pedras em mim... quando eu disse que ia escrever beijos, não disse que tipo de beijos seriam. De uma forma ou de outra, essa é uma cena bem fofinha, não é? Tem um bom pedaço antes e um bom pedaço depois, mas se eu publicasse o post completo, não ia ter graça quando ele fosse realmente ao ar no Expresso.

De qualquer forma... Todo mundo sabe que por mais dificuldades que eu coloque no caminho entre Mina e Isaac, eles são o meu casal favorito de escrever. Eles não são açucarados como os pombos (Lorelai e Herman), mas são tão lindos juntos...

Adoro a ternura com que Isaac lida com ela. Mas estou falando demais... A música desse excerto é Falling Slowly, The Swell Season.

Vamos ao próximo.


_______________________


It’s in his kiss
(Ayami e Sumiko – Amaterasu)

Does he love me?
I wanna know
How can I tell if he loves me so?

[Is it in his eyes?]
Oh, no you'll be decieved
[Is it in his eyes?]
Oh, no he'll make believe
If you want to know
[Shoop, shoop, shoop, shoop]
If he loves you so
[Shoop, shoop, shoop, shoop]
It's in his kiss
[That's where it is, oh yeah]


- Mas você tem de fazer alguma coisa! Qualquer coisa! – ele exclamou, levantando-se – Isso não pode se repetir! O que vai ser de mim se toda vez que eu estiver com uma garota, a imagem da louca da minha prima gritando e Houji de toalha vier me assaltar? Eu nunca mais, nunca mais vou...

- Eu já entendi, Ayami... – Sumiko também se levantou, segurando-o pelo ombro, tentando acalmá-lo – Você já pensou que isso pode ser apenas um trauma temporário? Quer dizer, tudo o que você me contou aconteceu ontem. Talvez...

- Su-chan, você não estava comigo. Eu fui ver a... Eu... – os olhos dele se arregalaram – O que ela deve estar pensando de mim? E se ela achar que eu sou impotente?

A careta de horror do rapaz foi tão trágica que Sumiko, apesar de querer se chutar naquele exato instante, apertou mais forte o ombro dele, fazendo com que ele a encarasse.

- Ninguém vai pensar isso. Você pode... Pode simplesmente tentar até conseguir esquecer a Kaori e...

- Tentar? Várias e várias vezes? – ele perguntou, com um pequeno brilho de esperança nos olhos.

Sumiko mordeu os lábios.

- Bem... É, eu acho que sim, eu...

Antes que ela pudesse acabar de falar, ele a trouxe pela cintura para junto de si e, sem qualquer explicação, colou os lábios aos dela. A morena arregalou os olhos, enquanto o sentia tentar aprofundar o beijo. Inconscientemente, ela deixou o corpo relaxar por entre os braços dele e, fechando os orbes claros, entregar-se ao beijo...

...para logo em seguida acabar sentada no sofá, as costas doendo por conta da queda, tendo um Ayami com olhar desvairado diante de si, segurando os cabelos como se quisesse arrancá-los.

- EU NÃO CONSIGO! ESSA BRUXA VAI ME PERSEGUIR PARA O RESTO DA MINHA VIDA!

- Ayami...

- Eu vou ter que virar celibatário, quem sabe até monge eremita...

- Ayami?

- Adeus, vida mundana. Adeus, mulheres. Adeus, vida...


_______________________

Ayami e Sumiko estão na galeria de personagens da Amaterasu, mas, por hora, apareceram apenas como coadjuvantes (quer dizer, a Sumiko ainda não apareceu. Contudo, eles são um dos casais protagonistas de Be my Valentine, série ainda inédita com a turma dos caçulas.

Escolhi esse beijo porque o acho extremamente divertido e porque adoro o Ayami histérico. Só explicando rapidamente o problema dele nessa história: Kaori, prima do Ayami, encontrou numa posição comprometedora com Houshi, amigo deles. Foi um completo acidente envolvendo uma toalha, uma barra de sabão e falta de óculos.

Claro que Kaori não poderia deixar passar a oportunidade de tirar uma com a cara do primo. E Ayami, que é um “Don Juan” fica absolutamente horrorizado com a insinuação dela. Tanto que, depois disso, toda vez que ele fica com uma garota, ele vê a cabeça do Houshi no lugar da moça...

Sem comentários... Eu sou doida, meus personagens têm de ser insanos também...

A música desse excerto é It’s in his kiss, Betty Everett.

_______________________

Breathing
(Alice e Jasper – New Dawn)

If I say no, if I resist
If I don't give in to this
Would it be a lesson or a loss?

Suddenly I know what it's about
Thoughts come in, and words come out
Suddenly I'm not killing time
It's all over now


Muito antes de estar frente a frente com ele pela primeira vez, Alice sabia que ele era seu destino. E que ela não teria uma segunda chance se deixasse passar a oportunidade.

Por semanas ela esperou o tempo certo – tudo o que sabia era que estaria chovendo e que seria por volta do final da tarde -, sentada sempre na mesma cadeira, fingindo bebericar o que quer que a garçonete colocasse à sua frente.

Ela sabia que daria tudo certo. Sabia qual seria a resposta dele. Ela tinha o conforto de suas visões.

Mesmo sabendo, contudo; tendo tempo para se preparar para o que estava por vir – havia meses que ele povoava sua mente, cada um de seus pensamentos – por um breve momento ela se sentiu hesitar quando ele passou por aquela porta, a franja úmida insistindo em cair sobre seus olhos sangüíneos.

Foi apenas um momento. O suficiente para que ela se lembrasse de tudo o que a esperava ao lado daquele homem, e então Alice já deslizara de seu banco, voltando-se na direção dele com primavera em seus passos.

E, dias depois, quando finalmente suas visões lhe fizeram jus, quando finalmente ela estava entre os braços dele, toda a excitação, o nervoso e a ternura misturados entre seus sentimentos e os dele, ela percebeu que aquilo era fácil. Estar com Jasper era fácil.

Tão fácil e natural quanto respirar.

_______________________

Alice e Jasper foi o que eu chamaria de não-beijo, no melhor estilo “Desventuras em Série”. A Ana deve saber do que estou falando, já que essa expressão de “não-beijo” eu li dela quando comentando de Violet e Quagley em O Escorregador de Gelo.

A relação entre Jasper e Alice sempre é descrita como intensa e privada. No espírito dessa característica, eu preferi não descrever exatamente o que aconteceu, mas me concentrar nas sensações, nos pensamentos...

De uma forma ou de outra, eu gostei bastante dessa cena...

A música desse excerto é You get me, Teitur.

Ok, por hoje é só, turma. Quarta estarei de volta com mais beijos para a alegria ou não dos senhores leitores. Não deixem de comentar, show me some love!

A Coruja

p.s.: algumas pessoas observaram que os links para o capítulo 2 de madrigal e 71 de hitsuzen não estão funcionando. Falei com a Ana, que a é responsável pela parte html do site e testamos as duas os links, mas abriu tudo normal. Caso o problema persista, dêem um toque para a gente, ok?


____________________________________

 

7 comentários:

  1. O segundo beijo foi épico XD Lindos, os três, mal posso esperar para ler as histórias completas.

    P.S.: Ainda não conseguindo ler Madrigal e Hitsuzen e prestes a ter crise de abstinência (>.<'') Não consigo entender o que está dando errado aqui... Já tentei vários links do Amaterasu e não saio do lugar. Eu não consigo mais nem acessar as fichas dos personagens! çOç

    ResponderExcluir
  2. Adorei os três, mas o "não-beijo" foi meu predileto. Embora eu não comente muito sobre esse ponto, em Crepúsculo o meu casal predileto é justamente Alice e Jasper; eles são românticos, apaixonados e cumplices na medida certa ^^

    (Se bem que, na verdade, eu não devia estar comentando aqui não, devia era estar de mal com você, sua Coruja impossível!!! Eu odeio quando você me faz chorar, e ontem eu simplesmente me acabei lendo você-sabe-o-quê, ouviu???

    Como você tem coragem de fazer isso comigo???

    Hehehehehehehehe!)

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha ^^
    Muito fofos!!!! O da Amaterasu então foi hilario!!!! Mal posso esperar pra ler todas essas histórias novas!!!!!!!!! Aiai.....Kawaii, Kawaii ^^

    ResponderExcluir
  4. O da mina e do Issac tinha lindo no expresso, muito fofo!
    o do amaterasu, fiquei um tempao pensando quem eram os personagens tenho serios probelmas com noomes orientais, quando finalmente achei que tinha aprendido de todo mundo aparece mais! ahauah foi engralado!

    Alice e Jasper são ótimos!

    ResponderExcluir
  5. Juro que, de início, boiei com o beijo de Amaterasu... só com a explicação foi que entendi direito essa confusão!
    Mas, sem favor algum... essa crise histérica foi hilária! Tô chorando de tanto rir aqui... XD
    Mal posso esperar pra amanhã...
    Até!

    ResponderExcluir
  6. eu AMEI o beijo do Jasper e da Alice, foi um "não-beijo" perfeito, até pq do modo como vc colocou ficou bem característico dos dois e na ausência de descrição foi imensamente intenso.

    Os outros dois eu já tinha lido e adorado, e, estou doida para conseguirmos tempo (e inspiração) para escrevermos Be my valentine. ^^

    bjs mil e saudades imensas!

    ResponderExcluir
  7. pobre do ayami... eu juro q ameeeeeeei essa situacao! XDDD

    tudo bem q eu nao sou fa do menino, mas amo a situacao em q ele se meteu e toda a confusao q vira dp... sim, bmv eu reviso! XD
    pq essas coisas suspeitas kem revisa sou eu! XP

    huahuahuahua!
    KaiLi

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog