29 de novembro de 2017

A Vertigem das Listas: Onze Casais que são Duplas Imbatíveis


Ísis: Nossa, faz um tempinho que não temos Vertigem, do meu ponto de vista…

Dessa vez o tema é simples para a Luciana não chorar… Em homenagem ao dia dos pares (11/11) - ou dos pockys, no caso do Japão - vamos comemorar ONZE PARES 1+1, ou seja, onze casais que são mais que interesses amorosos, mas verdadeiras duplas imbatíveis!


Lulu: OBRIGADA por pensar em mim e não dificultar minha vida com temas excêntricos!

Ísis: Há umas 2-3 semanas eu assisti Inumanos, da Marvel, e achei interessantíssima a relação entre o Rei e a Rainha da raça. Assim, meus primeiros indicados são Black Bolt, declarado o mais forte de seu povo, e Medusa, astuta e hábil ruiva cujos cabelos são sua arma. Os dois são poderosos Inumanos que amam bastante um ao outro e ao seu povo. Embora eu tenha apenas visto a série de TV, a qual é nova, foi o suficiente para admirá-los como uma dupla bastante eficaz e um casal muito bonito.


Lulu: Não assisti, então não posso dizer que tenho opinião formada sobre o assunto…

Ok, então, onze casais que são duplas imbatíveis… Isso significa que precisa ter romance e ação? Bem, já tivemos um tema mais ou menos parecido lá no começo do Vertigem, então vou tentar não repetir os casais que indiquei naquela época.

Começarei minha lista com um casal de que me lembrei muito no mês passado por razões de Halloween: Morticia e Gomez Addams da Família Addams. Extremamente apaixonados, extremamente bizarros e totalmente imbatíveis! E eles criaram a Wednesday, que é provavelmente uma das minhas personagens femininas favoritas da minha infância…




Ísis: Adorei a indicação!

Meu segundo indicado são Os Incríveis! Sr. e Sra. Incrível podem até discutir bastante durante o filme e na vida, mas não há dúvidas de que, além de casados (três filhos!), são uma dupla realmente incrível. Eles trabalham juntos muito bem e se entendem, pelo menos quando combatendo algum vilão. <<>> Maior prova é que que ele a joga para longe ao final, prova da confiança um no outro.



Lulu: Já que estamos de Pixar, vou indicar um casal que aparece, talvez, por dez minutos juntos em cena, mas, ao mesmo tempo, vivem juntos uma vida inteira e inspiram um ao outro até o final.


Estou falando de Ellie e Carl Fredricksen, de Up. Só de pensar neles, meus olhos já enchem d’água - oh, filme para me fazer chorar… A história deles é de uma delicadeza ímpar, daquelas para partir seu coração e fazer você crer no amor. É uma história agridoce, mas tão, tão bela e necessária…


Ísis: Nossa, não teria lembrado, mas tem razão! São lindos os dois! Eu nem gosto tanto de “Up!”, mas amo aquele comecinho, e obviamente choro sempre que o vejo…

Meu terceiro casal indicado eu tenho quase certeza que já mencionei esse ano, mas aponto Nobuko e Nakao, de Lovely Complex. Os dois são completamente apaixonados um pelo outro e sempre que um começa alguma piada ou encenação, o outro saca rapidinho e colabora. Acho linda a ligação dos dois, e é um daqueles casais raros da ficção (e não-ficção) que mal brigam; são quase uma constante. Gostei disso. Acho que precisamos de mais desses em séries de TV etc.Nossa, não teria lembrado, mas tem razão! São lindos os dois! Eu nem gosto tanto de “Up!”, mas amo aquele comecinho, e obviamente choro sempre que o vejo…

Meu terceiro casal indicado eu tenho quase certeza que já mencionei esse ano, mas aponto Nobuko e Nakao, de Lovely Complex. Os dois são completamente apaixonados um pelo outro e sempre que um começa alguma piada ou encenação, o outro saca rapidinho e colabora. Acho linda a ligação dos dois, e é um daqueles casais raros da ficção (e não-ficção) que mal brigam; são quase uma constante. Gostei disso. Acho que precisamos de mais desses em séries de TV etc.



Lulu: Adoro Lovely Complex, um dos mangás e animes que acompanhei do começo ao fim sem enjoar… Boa lembrança, Isinha!

Vou pular agora para os clássicos e indicar um casal que me diverte demais e que está sempre às voltas com duelos verbais: Beatrice e Benedict de Muito Barulho por Nada! Eles são, provavelmente, meu casal favorito das peças do bardo e eu adoro a adaptação dessa peça com o Kenneth Branagh e a Emma Thompson!



Ísis: Você realmente gosta desses dois, hein? ^^

Meu quarto casal são Marie Curie e Pierre Curie, um casal de cientistas que trabalhavam juntos e ganharam Nobel. Inicialmente, porém, foi o trabalho de Marie que foi indicado, mas como mulheres não eram premiadas ou sequer cogitadas, Pierre é que foi nomeado. Ele foi honesto e explicou que era Marie que merecia, mas foi rejeitada a ideia. Assim sendo, e essa é a parte que me deixa mais atônita na história, Pierre recusou o prêmio, o que culminou na indicação da primeira mulher a receber o Nobel, Marie Sklodowska Curie (acho que é assim que escreve) em 1903, junto com o marido Pierre Curie.


Pode parecer pouca coisa, mas não duvido que muitos outros homens teriam aceito o prêmio… A história da mulher de Einstein (que cuidava da matemática das teorias dele) é bem conhecida, mas ele não a indicou como parceira.

Mais tarde, ela recebeu outro Nobel, desta vez de Química, sendo o primeiro de Física. Esse ela recebeu sozinha mesmo. Trabalhavam juntos e se respeitavam. Bonita dupla!


Lulu: Continuando na literatura, como eu poderia deixar de indicar Margareth Hale e John Thornton, de Norte e Sul? Os dois crescem muito ao longo do romance, aprendendo com o outro a superar preconceitos, a pensar no outro, a se importar com a comunidade… Eles são, juntos, uma força de progresso para Milton, uma inspiração, um modelo. Força de caráter, empatia, paixão… ambos têm tudo isso para dar e vender e por essa razão são perfeitos um para o outro.


Ísis: Minha próxima indicação vem de uma série de TV que também é do universo Marvel, Agent Carter. Eu não sei por que diabos foi cancelada a série depois da segunda temporada, mas eu amei não só a protagonista (Peggy Carter é uma mulher formidável!), como a série em si e vários de seus personagens! O agente Daniel Sousa é outro personagem bem pensado e extremamente fofo, mas, embora ele e Peggy sejam uma ótima dupla, minha indicação é Edwin e Ana Jarvis.


O mordomo de Howard Stark aparece desde o primeiro episódio do primeira temporada, e ficamos sabendo da existência da esposa dele logo no começo também. Entretanto, a personagem só aparece na segunda temporada, e eu me apaixonei por ela! É meiga, e simpática, e prestativa, e apaixonada pelo marido, a quem conhece bem, colaborando nas aventuras, embora com um papel de suporte. O que me chama muito a atenção nela é que Ana se preocupa com Edwin, mas não ao ponto de agir como a maioria das personagens femininas agem nessas situações, ou seja, ela não o proíbe de perseguir essas aventuras, nem o recrimina, e muito menos tem crises de ciúmes em relação à agente Carter. Pelo contrário, ela o encoraja, e ajuda sempre que pode.

Ana é um exemplo de parceira e uma excelente exemplar de ser humano. Quero ser ela quando crescer! ^^


Lulu: Vou terminar minha lista pessoal com um casal cuja declaração de amor se tornou absolutamente icônica: Han Solo e Princesa Leia, de Star Wars!


Ísis: Ok, pra não dizer que só vejo Marvel, cito agora um casal do universo de TV da DC: Barry Allen e Iris West, de The Flash. A construção desses dois como casal é gradativa e paupável, e embora sejam grandes amigos desde o começo, formam uma dupla ainda mais incrível quando viram casal. Tanto que, embora fisicamente Barry seja o Flash, constantemente eles têm repetido nessa temporada (4a) que o Flash são os dois, que ambos formam o Flash. A quantidade de vezes que Iris protegeu a psiquê de Barry é prova suficiente para tanto, e eles formam um lindo casal, embora admitidamente bastante meloso, às vezes.


Bem, essas foram nossa opções. Concordam? Discordam? Comentem abaixo por favor, e até a próxima Lista!


Onze Casais que são Duplas Imbatíveis

1. Black Bolt e Medusa, de Inumanos
2. Gomez e Morticia Addams, de A Família Addams
3. Beto e Helena Pera, de Os Incríveis
4. Ellie e Carl Fredricksen, de Up - Altas Aventuras
5. Nobuko e Nakao, de Lovely Complex
6. Beatrice e Benedict, de Muito Barulho por Nada
7. Marie e Pierre Curie
8. Margareth Hale e John Thornton de Norte e Sul
9. Ana e Edwin Jarvis, de Agente Carter
10. Han Solo e Princesa Leia, de Star Wars
11. Barry Allen e Iris West, de The Flash


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog