28 de janeiro de 2017

A Vertigem das Listas: Uma Lista de Resoluções


Lulu: Hoje é dia de vertigem e ele vai ser um pouco diferente do que de costume: em vez de colocar todo mundo do Coruja escrevendo, o “um” do tema não será o número de itens da lista, mas sim uma pessoa só - no caso, moi, Lulu, também conhecida como Dona Coruja.

No final do ano passado, por diversos motivos de que já falei por aqui no Coruja, não fiz minha tradicional lista de resoluções para o ano novo. Vou me aproveitar, portanto, do vertigem, para elaborar uma listinha de coisas que quero tentar fazer em 2017, mas sem me enrodilhar demais em obrigatoriedades, porque 2016 foi um ano em que precisei aprender que não posso dar prioridade a tudo ou vou acabar surtando.

Então é isso, vertigem de janeiro tem por tema Uma Lista de Resoluções, e sem mais delongas, vamos a ela!

1. Organizar o layout do Coruja, criar uma identidade visual menos mutante, e provavelmente contratar alguém que entenda do assunto para fazer isso por mim, para que o trabalho seja duradouro e não os improvisos que faço por conta própria.

2. Escrever pelo menos um conto por mês. Fez uma baita falta escrever um pouco mais de ficção ano passado. Um por mês não é tão pesado, e não tô me colocando pilha para publicar, é mais exercício mesmo. Vejamos no que dá.

3. Participar de novo do NaNoWriMo (e terminar também a história que comecei ano passado). Mesmo sem ter conseguido terminar o desafio, eu realmente me diverti com a proposta.

4. Ser (um pouquinho só) mais sociável. Continuar a fazer exercício (completei dois anos de pilates agora em janeiro!), cuidar mais da saúde porque fui relaxada ano passado. Passear mais na rua, ir ao cinema, marcar de comer bolo e tomar sorvete com os amigos sem ser apenas em datas de aniversário. Ir à CCPX em abril!

5. Viajar. Como minhas férias esse ano ficaram muito em cima para programar uma viagem longa ou pra muito longe, o plano é ficar pelo Brasil e conhecer alguma das capitais que ainda não visitei. Tenho muita vontade de ir a Curitiba. E quem sabe não convenço família a passar um feriadão num de nossos países hermanos? D. Mãe estava dizendo que queria conhecer Buenos Aires e Montevidéu, vamos ver se a coisa anda mesmo.

Acho que tá de bom tamanho, não é mesmo? Nada que me faça arrancar os cabelos, metas bastante realizáveis. Já comecei a trabalhar em algumas delas. Mas de boas intenções sempre são feitas as resoluções, então vamos ver como nos saímos de verdade até o final de 2017...



A Coruja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog