14 de maio de 2016

O Bode na Cozinha: Falafel


Já posso ouvir vocês perguntando: "Fala-o-que?!" Bem, não sei como é no resto do Brasil, mas ao menos aqui no Ceará não se conhece muito o falafel. Eu mesmo conheci quando estava fora do Brasil, por isso não posso falar nada sobre as outras regiões.

Bem, acontece que falafel, prato originário do Oriente Médio, é uma famosa comida de rua, e uma excelente opção para vegetarianos e veganos (SIM, eu estou ensinando um prato vegano!!!), pois usualmente se come no lugar de carne. Sanduíche de falafel é muito bom. Mas falafel é gostoso de todo jeito!

Ingredientes:

As estrelas do dia: Grão-de-bico!

- Uma xícara de grão-de-bico cozido
- Uma cebola roxa pequena
- Dois dentes de alho
- Um maço de cebolinha
- Um maço de coentro
- Uma colher de sobremesa de cominho
- Sal e pimenta do reino à gosto
- Uma colher de sopa de azeite

Modo de Preparo:

- Primeiro, deixe o grão-de-bico desidratado de molho por 24h. Sim, 24h. Depois disso, leve para uma panela de pressão e cozinhe por 10 minutos, após pegar pressão. 

- Com o grão-de-bico já frio, misture todos os ingredientes em um processador de alimentos, ou liquidificador, e processe até obter uma mistura homogênea, mas não uma pasta. Caso esteja muito úmida, adicionar um pouco de farinha de trigo vai ajudar a obter a consistência certa.

- Com as mãos umedecidas, forme bolinhas com a massa (por isto que ela não deve estar muito pastosa). Tente formar bolinhas mais ou menos do mesmo tamanho, para que cozinhem por igual.

- Aqui, existem 3 opções de preparo: 1- fritura por imersão, 2- fritura na frigideira e 3- assar. Eu fiz pelo terceiro método, e usei o 2 para testar o sabor do meu falafel. Para fazer na frigideira, use pouco óleo, e frite por 5 a 7 minutos de um lado e, quando virar, esmague um pouco a bolinha, para formar um disco alto. Para fazer no forno, leve ao forno em temperatura média-alta por vinte minutos, então vire e deixe por mais vinte minutos.

Deverão ficar mais ou menos assim.
Falafel é normalmente consumido em substituição à carne, sozinho ou como parte de outros pratos. Um sanduíche muito bom é feito no pão pita, com tahine, falafel e legumes variados (pepino, pimentões e repolho).

Espero que experimentem, e digam aqui o que acharam! 

O Bode


____________________________________

 

2 comentários:

  1. A Ísis me apresentou ao falafel nessa nossa última viagem. Achei muito gostoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma delícia!!! Tenta fazer em casa qualquer dia! =D

      Excluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog