30 de abril de 2016

A Vertigem das Listas: Quatro Grandes Mentirosos


Dé: Olá a todos! Como foram de semana santa? Comeram muito chocolate? Eu sei que EU comi, e tenho um quilo a mais para provar! Mas passado março, chega abril, mês da mentira…

É engraçado como abril ganhou essa fama. Acontece que antigamente, abril era o PRIMEIRO mês do ano, não o quarto; mas após uma reforma no calendário por motivos que estou com muita preguiça de pesquisar agora, três novos meses foram adicionados… E assim começou-se a tradição de mentir e pregar peças. Claro, que eu posso estar completamente enganado e repassando uma história errada. Como sempre, consultem a Lu.


Lulu: Por que sempre sobra pra mim???

Dé: Mas enfim, vamos ao tema deste mês: QUATRO GRANDES MENTIROSOS!!!

Lulu: Ei, eu gostei desse tema! Boa, Dé!

Dé: Começarei com um mentiroso que fez a alegria de muitas tardes minhas, quando passava nos anos 90. Ferris Bueller é um adolescente que é capaz de tudo para ter seu grande dia de diversão. Para isto ele falta aula, convence o amigo a pegar a FERRARI do pai e… mente para tudo e todos! Para os pais, para a escola, para o pessoal do restaurante… Enfim, vocês conseguem entender aonde quero chegar.


Lulu: Gente, eu adoro o Ferris! Ele é muito cara de pau…

Tayla: Vocês acreditam que não tenho nenhum carinho pelos filmes da década de 80/90? Eu estudava de tarde na época e, sendo assim, não assistia sessão da tarde. Aí quando fui ver, há alguns anos, esses filmes que todo mundo tem uma super nostalgia eles me pareceram ser só… bobos. Gosto apenas de De volta para o futuro e TALVEZ de Goonies, mas há tanto tempo que assisti Goonies que nem ouso afirmar nada. Sei lá, prefiro assistir Chaves em Acapulco.

Por favor, não me matem…


Lulu: É uma questão de época, Tay. Tem filmes, como tem livros, que depois de você passar uma certa idade, não fazem mais tanto sentido. Eu confesso que nunca revi adulta muitos dos meus filmes favoritos da sessão da tarde, porque tenho medo de que vendo hoje, eles desmontem meu carinho nostálgico por eles.

Ok, então, o primeiro mentiroso que me vem à mente para essa lista saiu de um clássico. O nome dele, supostamente, é o título do livro, mas a determinada altura da história você descobre que nem o nome que ele usa é de verdade.



Estou falando de Jay Gatsby, de O Grande Gatsby, obviamente. Embora, se eu quisesse, poderia dizer quase a mesma coisa de O Talentoso Ripley (mas acho que esse vai ser escolha da Dani…).

Tayla: Estou aqui pensando com meus botões… Quando chegarmos a novembro essas listas ficarão imensas, não? Enfim, o meu primeiro mentiroso será a única menção que farei no blog à situação econômica e política que o Brasil atravessa neste momento. (Até porque se eu fizer qualquer outro tipo de comentário devo acabar levando um ban da Lulu…) O meu primeiro mentiroso é Frank Underwood do seriado House of Cards! Provando que corrupção e politicagem existe em todos os lugares, seja aqui, em Marte ou na terra do Tio Sam.


Fato interessante: no meio daquelas confusões envolvendo a condução coercitiva do Lula, o Frank nos mandou até um gif parabenizando todos os envolvidos pela confusão que está acontecendo aqui. Outra coisa foi uma peça da campanha de marketing para a 4ª temporada da série: uma carta de agradecimento que lembra muito uma outra cartinha de um certo vice decorativo nosso. Equipe de marketing da Netflix está, oh, de parabéns!

Dé: Minha segunda escolha é parecida, mas completamente diferente da primeira: Ele mente para conseguir o que quer, mas no caso, ele mente apenas para poucas pessoas (e mais por omissão) e o que ele quer é o bem de outra pessoa e do mundo. O Mestre dos Magos nunca foi um vilão. Ele nunca quis enganar os garotos. Tudo que ele queria era redimir o filho perdido nas trevas, o Vingador. Sim, o Vingador é filho do Mestre dos Magos!


Tayla: Dé, para de com isso! O Mestre dos Magos é o Dungeon Master ou seja, é o mestre do jogo de D&D em que os meninos estão presos. Ele é análogo a um deus no universo do RPG. E, como todo mestre, ele é um fdp por natureza! Nem vem!

Lulu: Eu não sei se reclamo ou não do spoiler, mas... ok, ficarei quieta, porque quem não assistiu Caverna dos Dragões até hoje, provavelmente não assistirá mais.

Enfim, para o meu segundo mentiroso da lista, indico Edmund, em O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa.



Edmund termina o livro para se tornar Rei Edmund, ‘O Justo”, mas a verdade é que ele começa bem mala - ele mente sobre Nárnia fazendo Peter e Susan duvidarem de Lucy, ele vende os irmãos para a Bruxa por uma sobremesa e é basicamente um caminhão de ressentimento ao longo de boa parte da história…

Tayla: Meu segundo mentiroso será um personagem de uma série, olha que coisa, da década de 80: George Costanza de Seinfeld! George é um viciado em mentiras. Quando as coisas estão ruins, ele mente. Quando as coisas estão boas, ele mente. Quando ele quer uma namorada, ele mente. Quando ele JÁ TEM uma namorada, ele mente. Mesmo quando ele não quer mentir, ele mente. Teve um episódio em que George mente para uma mulher presa e diz que a ama só para ter sexo grátis com uma mulher com quem ele não teria que conviver (e lógico que a mulher foge da cadeia e acaba com os planos dele). Sobre George é importante lembrar de uma de suas falas icônicas.


Dé: Minha penúltima escolha vem de uma das minhas séries favoritas, The Dresden Files. Aqui, as “fadas” (na falta de uma melhor tradução para fey) são baseadas nas lendas celtas, divididas em duas cortes (com alguns deles não ligados a nenhuma das duas) e tudo, além de serem fisicamente, completamente incapazes de falar uma mentira. O que, é claro, tornou todos eles capazes de fazer você acreditar no que eles querem, sem nunca falar uma mentira. Como já foi dito antes, com eles não existe espírito da lei, apenas a letra da lei.

Lulu: Eu, por minha vez, irei com o clássico dos clássicos e, sinceramente, acho que não preciso explicar porque ele está nessa lista, não é mesmo?

Estou falando, obviamente, de Pinnochio!



Dé: E para minha última escolha, citarei um grupo, não muito diferente das fadas de Dresden Files. As Aes Sedai de A Roda do Tempo fazem um (na verdade, três, mas isso é detalhe) juramento quando são ordenadas, “Eu não falarei nenhuma palavra que não seja verdade”. CLARO que aprender a mentir sem falar nenhuma mentira se torna uma habilidade obrigatória para qualquer uma delas, não é? Curiosamente, todo o resto do mundo sabe disso, e logo assume que uma Aes Sedai está tentando enganá-lo por alguma razão. O pior? Normalmente estão certos!

Lulu: Fechando minha lista, senti-me tentada a fazer uma oferta dois em um, porque mãe e filha aqui são bastante mentirosas (a filha chega a ganhar a alcunha de ‘língua mágica’), mas acabei decidindo me concentrar na figura de Marisa Coulter, de Fronteiras do Universo.


Mrs. Coulter é belíssima, inteligente, tem contatos com os principais poderes no governo e é uma manipuladora e mentirosa consumada. Ela mente constantemente, inclusive para si mesma. É impressionante a capacidade que ela tem para mentir.

Tayla: Os meus dois últimos mentirosos são variações dentro de um mesmo tema, pois considero que a pior e a “melhor” mentira é aquela que nem o leitor/espectador sabe que está sendo contada. A partir disso trago dois personagens literários muito familiares a todos nós. Um porque era um dos personagens mais importantes de uma série de livros muito relevantes à minha geração e o outro por estar presente na lista de leitura obrigatória de praticamente TODA escola no país. O primeiro, muitos já devem ter imaginado, é o diretor da escola mais querida de toda a geração dos anos 90: Dumbledore. Também conhecido como o maior cretino de todos os tempos. Nem vou comentar muito porque chamar o Dumbledore de cretino já é um spoiler em si mesmo e acho que a Ísis ainda não leu HP, então…


Lulu: Quando foram reveladas todas as maquinações do Dumbledore, eu confesso que fiquei meio sem chão, sem acreditar que aquilo era realmente possível…

Tayla: É possível que algumas pessoas já tenham chutado algum personagem de alguma obra do Machadão, mas talvez não este personagem específico. Ele é o narrador de sua própria história e por isso não sabemos SE PODEMOS confiar nele. Ele pode estar realmente contando a verdade ou simplesmente advogando em causa própria. E é essa dúvida que mata. Estou falando de Bentinho, de Dom Casmurro. Nunca saberemos se Capitu traiu ou não, se Bentinho era uma pessoa legal ou um belo babaca ciumento pois só temos a fala dele a cerca da história. É confiar no narrador ou jogar tudo pelos ares.


Ísis: Olha, a culpa é de vocês. Vocês LITERALMENTE me pediram isso - para escrever os nomes de QUATRO mentirosos. Vou indicar os meus numa só tacada: os outros membros zoológico! (E saio correndo!)

Desculpa, gente, mas não pude resistir. Não tinha como não fazer isso. São QUATRO nomes, e estamos fazendo uma lista de mentirosos em homenagem ao PRIMEIRO DE ABRIL. Pregarei a peça semanas depois, mais cá está a mesma. HEHEHEHE….

OK. Então, meus indicados: Jafar, de Aladdin (Disney). Porque essa criatura só não mente quando é para fazer seus desejos.



Margaret Peggy Carter, da série Agent Carter, porque ela é uma espiã fenomenal e mente bem para caramba!


Do mesmo universo (MARVEL), mas não do mesmo tempo, vão meus outros indicados: pelo mesmo motivo que a Peggy, entra em cena Natasha Romanov, ou a Viúva Negra, e, finalizando, Nick Fury. Esse último mente porque lidera muita gente para proteger os EUA o mundo, e, em geral, mente por omissão, mas não exclusivamente.


E sim, tem três indicações da Marvel, em homenagem ao lançamento do novo filme da franquia, Capitão América 3: Guerra Civil, que estreia esse mês no Brasil E NO JAPÃO!!!!!! (Ainda não tô acreditando que isso é verdade…)

Eu acabo de fazer propaganda para Marvel (Disney), né? Peraí que vou ali cobrar meu cachê…


Dé: É isso, espero que tenham gostado! =D

Quatro Grandes Mentirosos

Lista do Dé

1. Ferris Bueller, de Curtindo a Vida Adoidado
2. Mestre dos Magos, de Caverna do Dragão
3. Os Fey de Dresden Files
4. As Aes Sedai de A Roda do Tempo

Lista da Tayla

1. Frank Underwood, de House of Cards
2. George Costanza, de Seinfeld
3. Dumbledore, de Harry Potter
4. Bentinho, de Dom Casmurro

Lista da Lu

1. Jay Gatsby, de O Grande Gatsby
2. Edmund Pevensie, de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa
3. Pinnochio, de… Pinnochio
4. Mrs. Coulter, de Fronteiras do Universo

Lista da Ísis

1. Lulu Jafar, de Aladdin (Disney)
2. Margaret Peggy Carter, de Agent Carter (Marvel → Disney)
3. Dani Natasha Romanov/Viúva Negra, de Vingadores (Marvel → Disney)
4. Tayla Nick Fury, da Marvel, de Vingadores (Marvel → Disney)


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog