26 de março de 2016

A Vertigem das Listas: Três Receitas de Chocolate que Sabemos Fazer


Dani: Olá, queridos leitores achocolatados do Coruja!!! Por que achocolatados? Exatamente! Porque o tema do Vertigem desse mês são 3 receitas com chocolate que sabemos fazer!!!

Dilícia, fala a verdade? P:


Ísis: Eita, que a Dani pegou pesado agora. Quem disse que eu sei fazer tanta coisa com chocolate? oO

Dani: Peguei nada! Você é quem geralmente vem com os temas mais malucos.

Ísis: Vou logo avisando, sou conhecida por minhas misturas “estranhas”...

Vou listar minhas três receitas de uma vez. A primeira é algo que recentemente inventei e que adorei: chocolate ao leite com cebolinha (ou cheiro verde). Não me olhem assim, cheiro verde é uma maravilha e vai bem como tudo mesmo! A segunda eu inventei aos 14 anos de idade, mas nunca mais fiz: ovo mexido com Toddy...


Tayla: Gente… Eu nunca vou comer na casa da Ísis! Blerghh.

Dani: Eu vou… fingir que não li isso...

Ísis: Não se preocupe, pois, para visitas, eu pego leve… Ou melhor, pego pesado, pois as coisas que agradam costumam ser pesadas, tipo a minha última opção dessa rodada. Não sei se a Dani aprova, vez que não é algo que eu já tenha feito. Sou louca por cheesecake, e, como já disse em outro Vertigem (acho que fevereiro do ano passado, 2016/02), meu chocolate preferido é Reese’s® Butter Cups. Assim, desde que vi essa receita aqui, estou desejando experimentar... P:

Tayla:



...Pensando bem…


Lulu: Eu não passo muito tempo na cozinha, mas de uma maneira geral aprovo tudo o que tenha chocolate.

Fiquei pensando com meus botões em que receitas indicar aqui... e aí lembrei que eu já coloquei várias receitas com chocolate aqui mesmo no blog, na época em que eu ainda era a titular da coluna Coruja Gourmet.

Pra começar, tem a absolutamente clássica Palha Italiana. Eu adoro essa receita porque ela é muito simples de fazer, e muito gostosa. Lá em casa, a palha é um dos presentes de páscoa que minha mãe costuma fazer para os sobrinhos.


Dani: Ah, meu Deus, adoooooro palha italiana!!

Lulu: Minha segunda indicação é o bolo nega maluca. Esse bolo é bem fácil também, é bem fofinho e casa maravilhosamente bem com recheio e cobertura. É o nosso bolo preferido para aniversários em casa.

Para terminar, tem uns bombons que sou viciada neles, se pudesse comia todo dia – mas, infelizmente, nem sempre dá, porque tem de esperar a safra dos morangos... Estou falando de morangos a rigor. Minha gente, esse troço é MUITO bom. A acidez do morango quebra um pouco o açúcar do leite condensado e fica tudo de morrer e ir para o céu quando junta com o chocolate.


Dé: Seria babaquice minha dizer que sei fazer todas as receitas da Lu? Tecnicamente, as da Isis também, mas só o cheesecake de Reese vale a pena. Isis, reprovável, viu? Pode voltar pra comida de astronauta…

Dani: Você é o cozinheiro do blog, Dé. Se não soubesse fazer já teria sido demitido! XD

Ísis: Ei! Propuseram uma lista de três receitas que sabemos fazer, não as preferidas, ou que mais fazemos etc. Estou tentando diversificar isso aqui!

Dé: Três receitas com chocolate? E, para um maior grau de dificuldade, vou falar receitas que não foram postadas em anos anteriores (no Coruja Gourmet - Bode Edition)! Começando com uma coisa que fez a minha infância, e que NUNCA postarei no Bode na Cozinha: Sorvete de Chocolate da minha avó! Uma delícia chocolatosa criada pela minha querida avózinha, e que foi uma das duas receitas que ela me confiou quando comecei a cozinhar, é, sem dúvida, o meu sorvete favorito.

A segunda receita não é exatamente um “prato”, mas que pode ser. Ganache de chocolate é uma coisa tipo brigadeiro, sabem? Pode ser uma coisa que se come sozinha, mas que vai MUITO melhor quando é usada em outras sobremesas. É, basicamente, a cobertura de chocolate usada em muitas confeitarias e restaurantes por aí.

A última receita é a que foi ao ar no Bode na Cozinha deste mês: OVO DE PÁSCOA! Sim, ovo de páscoa. Seja recheado ou de colher, ovos de páscoa (ou qualquer bombom recheado, se for pensar bem nisso) são relativamente simples de fazer, mas trabalhosos. Temperar chocolate do jeito certo é um pé no saco….


Dani: Aff… quando o Dé começa a falar de comida começa a me dar água na boca… -.-”. Mas enfim, Apesar de ter sido eu quem escolhi essa lista, talvez vou ser a pessoa que mais vai ter dificuldades com ela, já que sou terrível na cozinha!! XD (mas estou melhorando, estou melhorando… E tenho testemunhas pra provar!)

Uma das coisas que sei fazer e que fica bom é o tradicional bolo de cenoura com cobertura de chocolate. aliás, meu bolo favorito! Super simples, sem exageros, só um bolo com calda. (calda quente, doce, derretida, de chocolate… *babando*).

A segunda coisa seria cookie de chocolate. Arrisquei fazer uma certa tarde com uma amiga, tirando de um daqueles tutoriais do Pinterest que fazem você pensar ser capaz de fazer tudo. E ficou muito bom. (embora dessa vez eu desconfie que só deu certo porque tive auxílio T.T) A massa fica crocante e derrete na boca, Uma delícia!

A última coisa que sei fazer aprendi com os meus anos de obsessão com café do Starbucks. Como passo muito tempo lá fazendo desenhos e me entupindo de cafeína, sempre acabo fazendo amizade com os baristas, que vez ou outra me ensinam umas receitas caseiras legais. Uma delas é o Moccaccino caseiro, que você faz com uma barra de chocolate, leite e café (e chantilly se tiver).


Tayla: Ah, gente, eu não sei tanta receita de chocolate assim. Normalmente como o chocolate puro… E vocês já (roubaram) falaram a maioria das receitas que sei =P

E é por isso que exijo o direito de falar da receita mais batida que um brasileiro pode falar: brigadeiro! Isso aí. Aquela bolinha deliciosa, pecadinho celestial que todos conhecemos e sabemos fazer! Brigadeiro é quase um símbolo nacional, não? Imagino que no processo para conseguir a naturalização brasileira deve ter uma etapa em que deve-se fazer uma panela de brigadeiro. Se não tem deveria.

Minha segunda receita é um pouco diferente. Tem um nome bizarro e parece algo tão nojento quanto as duas primeiras receitas da Ísis (beijo, Ísis!), mas garanto que são deliciosas: Salame de Chocolate.

Antes que perguntem, não, não tem carne envolvida nisso daê. Inclusive o nome da receita poderia ser massaroca de chocolate com biscoito.

É bem fácil de fazer e até que fica bonito, né?


Lulu: Eu conheço o salame de chocolate, minha mãe faz! Na verdade, eu descobri essa sobremesa quando visitei Lisboa - trouxe um na bagagem de presente para D. Mãe, ela comeu, gostou e imediatamente foi atrás da receita.

É, de fato, uma delícia!


Tayla: A última receita foi algo que aprendi para o niver da minha mãe: Tarte (ou tarta) de chocolate com morango e cereja! Imagina aquelas tartas de limão com borda de biscoito Maizena, agora troca o limão por chocolate meio amargo e o Maizena por Oreo e o que nós temos? Isso mesmo: tentação em formato de doce! As cerejas ou o morango são bónus que adicionam um +100 no atributo crítico da tentação. Garanto momentos Ana Maria Br(e)aga!

Ísis: Tô aqui babando por todas e feliz da vida de não estar perto desses delícias maravilhosas…

Três Receitas com Chocolate que Sabemos Fazer

Lista da Dani

1. Bolo de Cenoura com Calda de Chocolate
2. Cookie de Chocolate
3. Moccaccino Caseiro

Lista da Lulu

1. Palha Italiana
2. Bolo Nega Maluca
3. Morangos a Rigor

Lista da Ísis

1. Chocolate ao leite com cebolinha ou cheiro verde
2. Ovo mexido com nescau
3. Cheesecake de Reese’s ®

Lista do Dé

1. Sorvete de chocolate da vovó
2. Ganache
3. Ovo de páscoa

Lista da Tayla

1.Brigadeiro (Robei! Robei! É meu! É meu!)
2. Salame de Chocolate
3. Tarte de Chocolate com Morango ou Cereja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog