10 de fevereiro de 2016

Um Chazinho e um novo Fuxico

Lulu: Olá, pessoas! Como foram de Carnaval? Eu passei o feriado todo quase sem botar o nariz pra fora de casa, só lendo até ficar de olhos trocados e fazendo maratona de Bones... e ficando cada vez mais ansiosa pelo dia de hoje, em que tenho um importante anúncio a fazer.

Ou melhor, no qual dou a deixa para que outra pessoa faça um importante anúncio para deixar todo mundo (será?) feliz. Sim, pessoas, temos NOVIDADES IMPORTANTES no zoológico!


Tayla: Bem, se vão ficar felizes ou não eu não sei, mas que será uma surpresa isso tenho certeza.

Lulu: Mas, permitam-me passar a palavra à responsável por essa novidade, porque sendo a mãe do projeto, ela merece ter oportunidade de explicá-lo... Com vocês, eu lhes apresento... a Tayla.

Tayla: Oláááá pessoas, criaturas grandes e pequenas do meu coração! Eu sou a Tayla, a nova Loba Guará designada para este zoológico. Espero fazer um bom trabalho e que a Dona Lulu não precise cortar minha cabeça =P

Três anos atrás, nos idos de 2013, Dé, Lulu, e eu tivemos uma ideia linda e maravilhosa. Ela abalaria os alicerces da literatura nacional contemporânea #atéparece: nós iríamos fazer um podcast.

Beleza. Gravamos o primeiro programa e eu fiquei de editar.Todos os dias eu olhava para o arquivo, ele olhava para mim e eu me fazia de difícil. Enrolava o menino. Ignorava. Fazia o pobre coitado sofrer. Até que um dia eu me esqueci dele. Lu e Dé não tinham mais nenhuma esperança no ressurgimento do programa (até ouso dizer que também não se lembravam do pequeno).

Só que, no fim de 2015 esse arquivo ressurgiu das entranhas esquecidas do meu HD e, por algum motivo, eu resolvi reviver o projeto de fazer um podcast do Coruja (Em ano de TCC. Maluquice pouca é bobagem, né?). E é isso que vocês irão ouvir agora (sim, estou mandando). Esse programa meio maluco, meio desengonçado, com o cabelo ainda meio bagunçado de quem acabou de acordar, adolescente no primeiro dia de aula em uma escola nova.

Mesmo assim, espero que vocês gostem dele. O menino é novo, não sabe dançar direito, mas é gente boa.

Clique na imagem à baixo para ouvir!



https://oschapeleiros.wordpress.com/2016/02/10/fuxico-001-eu-so-quero-chocobos-de-brownies/

Beijos, da loba <3


____________________________________

 

3 comentários:

  1. Bem vinda, Tayla! :D Esse zoológico tá cada vez melhor! <3

    Pra começar quero dizer que tu tem uma voz muito sexy! hahahahaha

    Confesso que não comentei mais no Heróis de Papel porque parei de acompanhar. Eu tenho memória de peixe, então eu tinha dificuldade em lembrar o que tinha lido na semana anterior. Optei por ler tudo de uma vez... só que passou e ainda não li. #meaculpa

    E a Lu fazendo maratona de série? O.o Tá gostando Lu? Eu também to fazendo maratona Bones. Tô na nona. Confesso que tenho uma relação de amor e ódio de com a Brennan mas estou gostando. Não bate CSI, no entanto. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostava de Bones, faz tempo que acompanho a série, só que sem nenhuma grande constância... aí agora comecei a assistir a partir da primeira temporada, na ordem... é mais interessante ver a evolução dos personagens dessa maneira. Tô na quinta temporada agora.

      Um dos meus motivos principais para gostar de Bones é que a dinâmica entre a Brennan e o Booth é muito parecida com a de Holmes e Watson. E eu gosto também do resto da equipe, e da forma como eles interagem entre si...

      Excluir
  2. E boa sorte no projeto! Que ele dure por muito tempo! <3

    Smacks pra vocês!

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog