25 de fevereiro de 2016

Livros para Assistir - Dredd


Em um futuro distante, o mundo se tornou um deserto radioativo. Nas ruínas do que antes eram os Estados Unidos, ergue-se Mega City One, uma megalópole que se estende por centenas de milhares de quilômetros. Infestada por toda sorte de criminosos, a população de Mega City One estaria indefesa, não fosse a atuação dos Juízes. Atuando como força policial, corte e, quando necessário, carrascos, os Juízes são tudo que estão entre os cidadãos de bem e o caos total. E entre estes Juízes, um em específico ganhou notoriedade por sua dedicação, eficiência e pragmatismo: Dredd.



A segunda adaptação dos quadrinhos Judge Dredd¸ Dredd, de 2012, conta com Karl Urban no papel que antes havia sido de Sylvester Stalonne. Ao contrário do filme estralado por Sly, porém, este aqui se mantêm extremamente fiel ao material original, com Dredd nunca sendo visto sem seu capacete/máscara e a infinidade de citações e detalhes retirados direto dos quadrinhos.
               

A história não tem muito de especial: Dredd é designado como avaliador para a novata Cassandra Anderson (Olivia Thirlby), para examinar o condomínio Peach Trees, dominado pela ex-prostituta e traficante de drogas Ma-Ma (Lena Headey). A conclusão lógica é uma enorme e violenta batalha armada, enquanto os dois lados tentam se eliminar. Obviamente, o foco do filme é a ação, e a violência é um dos destaques, sendo mostrada em detalhes e muito bem. Sangue e balas não faltam.


Os visuais e figurinos do filme são excelentes, sendo o segundo sendo bem adaptado dos quadrinhos, enquanto o primeiro teve como principal fonte de inspiração nada menos do que Blade Runner. Tudo isso faz um belo serviço em lembrar os filmes de ação dos anos 80,  o que conta muito para aqueles que querem ver este filme. E com este filme disponível no Netflix, não é algo difícil. Eu, em particular, recomendo.

O Bode
                


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog