30 de janeiro de 2016

A Vertigem das Listas: Um Personagem Viajante


Dani: Olá, amados leitores do Coruja!!! Estamos de volta nesse 2016 com mais um Vertigem das Listas!!!

Ísis: É ano novo!!! Como foram de passagem? (Dani: eu dormi u.u) Que 2016 seja um excelente ano para o Brasil, para você, para mim, para o Coruja, e para o mundo!

Lulu: Que os anjos te ouçam!

Ísis: Aliás, que mundo bonito esse em que vivemos, né? Deve ser fantástico poder viajá-lo, e viajar por outros também... E há inúmeros personagens que o fazem em filmes, quadrinhos, livros etc! Dedicada a eles, a primeira lista do ano das Olimpíadas no Rio de Janeiro será: Um Personagem Viajante!

Dani: Yaaaaaaay!!!!! (perai, eu não viajo há 4 anos...)

Ísis: Dos sem-número de personagens que saem mundo(s) a fora buscando alguma coisa, ou alguém, eu vou escolher o Miroku, de Inuyasha. Ele sempre foi um dos meus personagens preferidos. Acho bonita e, lógico, trágica a história do monge, a qual é destinada a se repetir em seu futuro. Apesar disso, ou melhor, exatamente por isso, saiu por aí para aproveitar a vida (e outras coisas mais), e tentar achar uma forma de se curar, que se resume a derrotar Naraku.


Fora que além de fofo, ele é hilário! :D

Lulu: O personagem que vou indicar é um dos favoritos da minha infância e caramba, toda vez que eu assistia os filmes dele ficava com vontade de viajar para aqueles lugares – só sem as cobras, e insetos e pessoas atirando em mim claro.

Sério, eu cogitei por muito tempo ser uma arqueóloga, até me dar conta de que mesmo que eu me tornasse uma arqueóloga, não viveria aventuras como as dele.

Estou falando, claro, óbvio e ululante, de Indiana Jones.


Dé: Minha indicação é conhecido por ser um andarilho. Nascido no Japão, ele foi treinado pelo mestre Gouken na arte do Ansatsuken (ou, em algumas encarnações, karatê shotokan), a arte do punho assassino, ao lado de seu melhor amigo e rival, Ken Masters. Quando completou seu treinamento, Ryu passou a viajar pelo mundo, buscando um adversário que propusesse um desafio à sua altura.


Mencionei que ele faz isso tudo descalço? E por opção? Claro, ele usa aviões e outros transportes, mas em geral ele anda a pé mesmo. Descalço. Por opção.

Dani: Cara, que milagre de tema fácil foi esse? E indicado pela Ísis... Acabei me deparando com uma lista gigante de personagens para escolher, cada um melhor que o anterior. Mas exatamente pelo fato de eu e a Elefantinha andarmos discutindo muito animes e mangás ultimamente, vou por um dos meus personagens preferidos do meu anime preferido Edward Elric de Fullmetal Alchemist.


Escolho ele pelo fato de as viagens definirem toda a série. E praticamente acabarem salvando todo mundo. Pois se não fosse o fato de ele viajar tanto e entrar em contato com tantas pessoas e situações, ele jamais teria descoberto a verdade sobre o país de Amestris. Ele podia muito bem ter ficado pesquisando alquimia em Resembull como o pai ficou antes de “abandonar a família”, mas eles decidiram encarar o mundo, e isso fez toda a diferença.

Ísis: E hoje ficamos por aqui. Concorda? Discorda? Elabore num comentário abaixo, por favor.

Até o mês que vem com mais outra lista! ^.^/

Um Personagem Viajante

1. A Ísis escolheu o Miroku, de Inuyasha.
2. A Lu vota no Indiana Jones, de... Indiana Jones (a trilogia, porque o quarto filme não existe)
3. Dé está com o Ryu, de Street Fighter
4. E a Dani preferiu indicar o Edward Elric de Fullmetal Alchemist


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog