6 de outubro de 2015

Nerd Loot #1: Heróis vs Vilões


Alguns dias atrás falei sobre a TAG – Experiências Literárias (por sinal, a caixa de outubro já chegou e falarei dela em breve) e do conceito de mystery box. Aí que logo após ter feito a assinatura da TAG, descobri que havia outros serviços no mesmo estilo voltados para o público nerd. Preciso dizer que não consegui resistir?

Já conhecia essas caixas de colecionáveis de fora do Brasil – vivo babando na Collector Corps, inclusive pelo fato de que eles tem itens exclusivos da Funko para suas caixas (eu quero a Thor!!!). Aqui no país, até onde sei, existem três marcas que fazem o serviço: o My Nerd Box, Nerd ao Cubo e Nerd Loot.

Dessas assinei a Nerd Loot – por já conhecer a qualidade do trabalho da Nerd Universe, loja a qual o serviço está atrelado, e porque a caixa de setembro seria a primeira deles, o que, claro, aumentaria o ‘fator surpresa’ inerente ao conceito de mystery box.

(Mas aí teve a greve dos correios, atrasou tudo e na minha ansiedade assisti todos os vídeos de unboxing que apareciam, de forma que quando a minha caixa afinal chegou, já não guardava nenhuma surpresa pra mim.

Vejamos se consigo evitar de me causar spoilers esse mês...)

A assinatura é mensal e cada mês tem um tema – no caso dessa primeira, “Heróis vs. Vilões”, concentrando-se nos personagens dos estúdios Marvel e DC. O pacote trouxe seis itens principais, além de postais explicando cada um dos itens e cupons promocionais.

É óbvio desde o momento em que você abre seu pacote o quão cuidadosa a equipe do Nerd Loot foi. A caixa é personalizada e se você virá-la do avesso vai ter uma caixa totalmente diferente e muito bonita. Infelizmente, como a entrega é feita pelos correios e todo mundo sabe como os correios aqui no Brasil são, muita gente recebeu a caixa amassada (algumas vezes até rasgada!) e terminou perdendo esse ‘mimo’. A minha, para minha surpresa, chegou inteirinha, então talvez tenha valido a demora.


Comecei abrindo a caixinha do anel Why so serious?, um dos produtos exclusivos do pacote, feito apenas para as 1000 pessoas que compraram o primeiro loot. Houve quem reclamasse que o anel era muito feminino (??), o que faz tanto sentido quanto reclamar que o Lanterna Verde tem de ser uma mulher – já que precisa de um anel para acessar seus poderes – ou elaborar a possibilidade de que sob toda aquela armadura, Sauron seja uma criatura de pura feminilidade.


Em seguida encontrei um clip bag do Teioso – como gosto muito do Peter, só poderia ter ficado mais contente se tivesse vindo um Homem de Ferro na caixa. Esse foi o único item ‘surpresa’ para mim, já que diferentes personagens vieram em diferentes caixas.


Tem também o botton com a insígnia de tripulante da tropa visionária – como assinante da Nerd Loot, você é parte da sua tropa e quanto mais tempo você permanece no serviço, vai subindo de posto. Creio que o botton vá ser um item fixo de todos os loots, o que costuma ser o padrão de todas as caixas do tipo que conheço.


Escarafunchando um pouco mais, outro produto exclusivo, a touca batzika. Considerando o fato de que tenho um alto grau de vergonha alheia e moro no nordeste, é pouco provável que eu venha a usá-la – mas vai servir para dar de presente. Diferente do anel, é um produto exclusivo cujo design não é tão difícil de copiar. Seja como for, só falta agora uma máscara do Batman e você pode sair por aí com a touca dizendo que é a Noite.

(Coruja não inclusa, é bom lembrar...)


Em seguida temos dois quadrinhos do Esquadrão Suicida e das Aves de Rapina – eu conhecia as heroínas do segundo grupo (Oráculo!), mas dos primeiros só sei o que vi dos trailers e informações do filme. Do meu ponto de vista, esses itens foram os mais problemáticos da caixa.


Não reclamo, como muita gente, que não tenha vindo encadernados no pacote. Mas acho que, até como decisão de marketing para a editora das revistas, não foi muito inteligente enviar revistas publicadas originalmente em 2012 e, pior, fora da numeração (para mim, vieram os números dois e três).

Se você envia a primeira edição de uma revista que esteja nesse momento em circulação, você pode terminar conquistando o leitor e estimulando-o a comprar todos os números seguintes na banca. Por outro lado, se você quer se livrar de material encalhado, porque não escolher revistas com arcos fechados? Há muitas histórias em quadrinhos em minisséries, que você consegue ler sem precisar, necessariamente, de conhecimento prévio e que pode interessar o leitor a procurar mais ou se encerrar ali.

Continuando, tem o pôster dos pugs vestidos como heróis, também exclusivo do primeiro loot. A arte é bem legal e mistura personagens não apenas da Marvel e da DC – há referências a Irmãos Mário e Star Wars, aliás, o único item que sai do ‘padrão’ de todos os outros.


Momento teoria da conspiração: seriam esses personagens fora do padrão dicas dos temas de loots futuros?

Terminando, temos a maravilhosa camiseta ‘Man vs God’. A arte dela também é exclusiva e aproveitou muito a hype em torno do filme que está vindo por aí.


Aliás, esses produtos com estampas e design exclusivo são o que mais somam valor ao pacote (cuja propaganda é receber por volta de R$200 reais em produtos pelo valor da assinatura – R$69 mais o frete). Porque não se trata simplesmente de mandar fazer um pôster ou uma camiseta com uma imagem qualquer que você baixa da internet, mas contratar um artista para criar aquele design.

Ora, um desenho desses não é barato e se está sendo colocado em produtos para vender, o autor pode querer o pagamento como uma percentagem da venda. Se você tem um número limitado de camisas e pôsters para vender, isso significa que está dispersando o valor num número menor e isso encarece as coisas (e cria itens de colecionador). Comparar com produtos cuja tiragem não é limitada não é muito lógico.

Como extras, tem os cupons de desconto da Galápagos Jogos e da própria Nerd Universe.


Resumo da ópera? Quando você assina um serviço de mystery box, você assume o risco tanto de receber coisas fantásticas quanto coisas que não fazem muito seu estilo. A Nerd Loot cumpriu o que prometeu (sim, ainda que a imagem meramente ilustrativa tenha funkos, não significa que eles prometeram funkos... embora isso signifique que possa aparecer deles no futuro) em termos amplos, mais ainda tem o quê melhorar (e eles mesmo reconhecem esse fato).

Considerando a amplitude do tema, creio que poderia ter havido mais diversidade não ter ficado tão focado em Marvel e DC, ou pelo menos ter balanceado melhor os produtos entre os dois estúdios (Placar final: Marvel 1 x 4 DC – o pôster não conta porque mistura dos dois e o bottom está de fora).

Sendo o primeiro pacote deles, precisam mostrar aos seus patrocinadores que a coisa é viável. Tendo sido um razoável sucesso – ao menos de vendas, embora tenha havido muito mimimi – acredito que o investimento dessas parcerias poderá aumentar.

Claro que tendo em vista a alta do dólar e as taxas de taxação de importados praticados no Brasil, isso pode complicar um pouco as coisas... mas vamos ser otimistas por hoje. O segundo loot tem o tema “Games”. Quando chegar por aqui – esperançosamente sem atrasos por parte dos correios – falo dele também


A Coruja


____________________________________

 

3 comentários:

  1. #morrendodeinvejadasmisterybox....
    Conheci as mistery box pelo post que você fez do TAG. Mas, descobri por uma resposta de e-mail para eles, que eles não entegam nos EUA... :(
    Ainda não pesquisei nenhuma por aqui, caso você conheça pode me passar!!!

    Quanto aos Funko que você menciona, meu blog (Simplificando em Orlando - simplificandoorlando.blogspot.com) oferece o serviço de compra e envio dos bonecos.
    Se você tiver algum em especial me avisa que eu procuro aqui....
    Sinceramente eu reparei que Orlando é a terra dos Funko e quase todos os lugares vendem....

    Me avisa tá!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô indo te enviar email! Para falar das mystery box daí e dos funko ;)

      Excluir
  2. Eu sei que essa postagem é antiga e tudo o mais, mas você me venderia a touca Batzika?

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog