25 de julho de 2015

A Vertigem das Listas: Sete Talentos que Gostaríamos de Ter


Dani: Então leitores queridos que estamos aqui com mais um Vertigem das Listas! Que nesse mês de Julho tem sido um mês de muita inveja para mim, reconheço. Afinal a inveja é um sentimento que todos temos, querendo ou não. Por isso mesmo que o tema desse mês é SETE TALENTOS QUE GOSTARÍAMOS DE TER!

Lulu: Essa vai ser uma lista interessante de ver...

Ísis: Desconfio que teremos inveja destilada nessa lista... Hehehe...

Dani: É, mas é uma inveja boa vai... ^^. Bom para minha primeira escolha, um talento que eu sempre quis ter, e na verdade um dos integrantes aqui do blog possui, é o de cozinhar. Sou um verdadeiro desastre na cozinha, sempre fui. Já quase botei fogo nas cortinas uma vez (e depois disso fui proibida de me meter na cozinha... - -“). Hoje em dia o máximo que me arrisco é no CupNoddles.

Ísis: Não sou tão ruim assim, mas concordo. Gostaria de ter mais habilidade na cozinha... T____T

Lulu: Então, eu te entendo em parte, Dani... não é que eu seja exatamente um desastre na cozinha – é só que eu necessito de instruções exatas e específicas e, como eu já disse mais de uma vez, cozinhar é uma ciência arcana...

Enfim, talento que eu queria ter – e que, por acaso, também tem gente cá no blog com essa capacidade – era de desenhar. Eu fico boba com as ilustrações da Dani – aliás, eu fico boba com todo mundo que desenha... Queria muito ter essa capacidade, mas meus desenhos se resumem a sóis tortos, corujas feitas com sinais de pontuação e bonequinhos de palito...


Dé: Então... desenhar é uma habilidade que eu certamente gostaria de ter, mas não é uma que eu gostaria de colocar aqui. No caso, o talento que eu gostaria de ter TAMBÉM é possuída por uma pessoa do blog, e é... ser organizado.

Eu tenho noção de que sou mais organizado que muita gente (virginiano FTW!!!), mas nem de perto sou tão organizado quanto eu gostaria ou deveria... O que me rende um sem-número de dores de cabeça.


Dani: Ah, nessa eu tô contigo, Dé...

Ísis: Um talento que queria ter? Uhm... Só tem uma coisa, pelo menos no momento, que gostaria de conseguir fazer, embora não seja exatamente um talento. Trata-se de atenção. Queria ter a habilidade de prestar atenção no que faço/leio, para que não custasse o triplo ou mais que o normal para fazer as coisas... Eu tenho muito ódio de não conseguir fazê-lo...

Dani: Outra coisa que eu gostaria muito de poder ser capaz de fazer é saber dançar. Acho tão bonito ver aquelas pessoas que se envolvem com a música tão facilmente e os movimentos do corpo simplesmente fluem. Já eu pareço um robô eletrocutado. - -“ Sou completamente travada e não tenho coordenação nenhuma. Uma vez até considerei fazer aulas de dança de salão (pelas quais sou fascinada), mas acabei arregando. - -“

Lulu: De uma forma geral, eu queria ter coordenação motora suficiente para aprender a fazer ‘prendas domésticas’ do tipo... bordar, costurar, fazer coisas legais de artesanato... tem um monte de tutoriais que ensinam a fazer essas coisas, mas eu não tenho paciência nem jeito para isso (nas vezes que tentei, normalmente terminei com mais cola nos dedos que no projeto, e não consigo cortar nada reto nem para salvar minha vida...).

Ísis: Seconded!

Dé: Finalmente, o talento final que gostaríamos de ter! No meu caso, não é uma coisa que muitos esperariam vindo de um blog literário, mas paciência.

Não sei quantos de vocês sabem, mas adoro artes marciais. Treinei karatê shotokan durante alguns anos (sou faixa verde!), mas parei por um problema(s) de joelho(s). Atualmente, treino boxe. E adoro, devo dizer! Tem alguma coisa muito terapêutica em descer porrada em um saco de pancadas...


Ísis: Já pensei algumas vezes em fazer boxe pelo mesmo motivo. Jogo tênis (raquetear a bola pra longe também é terapêutico!!!!) e canto pra esvaziar frustrações, mas desconfio que boxe seja melhor mesmo...

Dé: Mas o talento que eu gostaria de ter é o de... combate armado! Sim, eu não sei usar praticamente nada que possa ser considerada uma arma. Armas brancas, vale ressaltar. Especialmente bastões e espadas. O que me faz pensar se bartitsu (Lu vai saber do que eu estou falando) não seria um estilo legal para eu aprender...

Lulu: Sim, eu, e qualquer leitor de Sherlock Holmes sabemos do que estás falando... ;)

Enfim, essa é a lista desse mês. E vocês, que talentos gostariam de ter?


Sete Talentos que Gostaríamos de Ter

1. Dani queria saber cozinhar
2. Lulu adoraria desenhar
3. Ísis só quer conseguir prestar atenção
4. Dé anseia por ser organizado
5. Dani amaria saber dançar
6. Lulu cobiça ter coordenação para fazer projetos manuais
7. Dé aspira saber usar armas


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog