7 de março de 2015

Meme do Autor || Dia 07: Qual o melhor feedback que você já recebeu? E o pior?

Lulu: Eu já tive tantos feedbacks maravilhosos... Sério, eu vivo pelos comentários dos meus leitores (por isso, quando verem histórias aqui pelo blog, COMENTEM!!!). Gosto especialmente de ter resposta da Ísis e da Régis para uma história, porque as duas analisam a fundo, criticam de forma a acrescentar à história.

Ísis: <3 <3 <3

Lulu: Sério, Ísis, tu dás os melhores feedbacks... a Dani também comenta a fundo nos contos do QCuC, sempre faz uma análise primorosa. O Dé é que não se empolga tanto para escrever dez páginas de comentários... XD

Nunca tive um feedback que considerasse ruim. Todas as críticas que recebi foram, do meu ponto de vista, positivas. Eu particularmente adoro receber comentários do tipo “VOCÊ ME FEZ CHORAR, VOCÊ É UMA PESSOA PERVERSA” (e eu já recebi muitos comentários desse tipo...). O que significa, em outras palavras, que o pior feedback para mim é o silêncio, a impressão de que ninguém se importa particularmente com aquela história...


Ísis: O melhor foi parecido com o da Lu. Escrevi uma fic chamada “Twin Lines”, do anime Ouran Koukou Host Club (já comentado no Vertigem algumas vezes). Até hoje recebo comentários de pessoas que estão chorando, ou (numa ocasião excepcional) de uma cuja mãe descobriu que a filha lia BL porque a menina tava chorando, copiosamente, em frente ao PC, após ler a história (ou algo assim).

Só tive dois comentários realmente negativos em toda minha história de fics. O primeiro, apesar de ofensivo, foi construtivo. O segundo, relativamente recente, não o foi, mas foi engraçado, até porque foi o único que já recebi escrito em francês; era algo como: “você tem a sensibilidade e talento de um peixe”.


Dé: Então... Acho que os únicos feedbacks que lembro são os do Quem Conta um Conto. Normalmente são aqueles dizendo que gostaram da história e que consegui passar a reação que eu gostaria.

Como não tenho uma história de publicações (contando físico e digital), não tive muitos feedbacks. Praticamente passei a recebê-los depois que entrei para o Coruja...


Dani: Em geral recebo bastante feedback no DeviantArt. E de fato acho ser essa a grande vantagem desse site. As pessoas costumam ser muito legais lá. Mesmo quando o comentário não é tão bom, é sempre construtivo e aproveitável de alguma forma.

A pior (ou melhor, piores, já que foram constantes) foi com certeza a do meu último chefe, que chamou meus desenhos de “mal feitos e parecendo coisa de criança. Que eu deveria parar de achar que eu podia desenhar...” aff... cara mal amado...


Lulu: Eu sinto uma enorme vontade de partir a cara do seu ex-chefe toda vez que você toca nesse assunto, sabia?

Ísis: O mal feito eu discordo, mas o "coisa de criança", eu acho que concordo: teus personagens sempre terminas carinhas redondinha se bonitinhas. Será que não foi isso que ele quis dizer?

Lulu: Não, Ísis, o cara era um cretino mesmo. A Dani não conto a história toda, mas o que eu soube me fez querer entrar num avião e ir desembarcar lá no estúdio para dar uns sopapos na criatura...


Arquivado em

____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog