4 de março de 2015

Meme do Autor || Dia 04: Qual o seu gênero favorito para escrever/criar? E onde você sente mais dificuldade?

Lulu: Gosto de escrever fantasia e histórias em que eu precise pesquisar toneladas de material de contexto histórico. Porque sou masoquista, obviamente. Consigo passar da comédia para o romance com certa facilidade e adoro costurar contos de fadas.

Por outro lado, histórias que trabalham com suspense e terror são meu Calcanhar de Aquiles. Histórias policiais eu até consigo desenvolver, especialmente num ambiente histórico, mas não tenho tanta facilidade quando você vai para o thriller psicológico. O mesmo com ficção científica. São gêneros em que não tenho tanta leitura, então não estou acostumada.


Ísis: Eu gosto MUITO de ambigüidades. Então qualquer coisa que me permita brincar com significados, funciona. Gosto de ir contra o esperado (e normalmente me lasco nisso, porque não sou muito criativa). Tenho facilidade para tudo e dificuldades no mesmo nível... meu problema é só sentar a bunda e resolver escrever.

Acho que a única coisa da qual posso dizer que realmente sinto dificuldades são jogos políticos nas histórias. Esses normalmente ficam a cargo da Lu.


Dé: Meu gênero favorito é fantasia, sem dúvida nenhuma. Contudo, também tenho muita facilidade para o suspense e para o terror, e ocasionalmente misturo tudo em histórias de fantasia negra.

O gênero que mais tenho dificuldade é o romance, por não saber como desenvolver uma história de amor de maneira convincente. Outra coisa que me surpreendeu no decorrer do Quem Conta um Conto foi o quão difícil foi de escrever uma história infantil. Por essa eu não esperava, acreditem.


Dani: Essa é muito fácil. Fantasia e Nonsense, com certeza. Adoro a ideia de não ter limites e poder pirar o quanto quiser num desenho, e esses temas com certeza permitem isso. Embora, em geral eu gosto de criar tudo o que envolva pessoas...


Arquivado em

____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog