25 de outubro de 2012

Meme Literário: Dia 25 – Cite um livro que você achou que iria gostar e acabou não gostando.


Dia 25 – Cite um livro que você achou que iria gostar e acabou não gostando. Fale sobre ele. (Pergunta feita no Meme de 2011. Se você participou na época, procure comparar as respostas.)

Lu: A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, de Washington Irving. Não porque seja um livro ruim, mas porque ele era exatamente o contrário do que eu esperava; a idéia do livro me tinha sido vendida pelo filme como uma coisa e quando eu comecei a ler eu fiquei “Mas hein? É isso mesmo?”

Dé: Digo, sem medo de errar, que Frankenstein foi a maior decepção literária que tive na vida.

Demorei muito para ler o livro e, quando finalmente o tive em mãos, fui com muitas expectativas. Afinal, ele se tornou um clássico por um motivo, não é? Qual foi a minha surpresa quando, no decorrer da leitura, eu ia ficando cada vez mais revoltado com o que lia. Mencionei nesse Meme que protagonistas estúpidos me irritam profundamente, e neste livro encontrei um perfeito exemplo.


Lu: O Victor é mesmo complicado, né?

Dé: Uma das poucas vezes que eu quis realmente esganar um protagonista de livro.

Dani: O Poderoso Chefão, do Mario Puzo. Para mim foi decepcionante... Eu li ele depois de assistir o filme, claro, mas... não sei. Parece que ficou faltando alguma coisa. Talvez o Marlon Brando! XD

Lu: Completamente compreensível, Dani...

Dani: Mas não me entendam mal, o livro é fantástico, muito bem escrito, com um enredo bem trabalhado e envolvente, os personagens são maravilhosos cada um a seu tipo, mas mesmo assim, alguma coisa não me cativou nele, não sei o quê. Mas sei bem separar as coisas, não vou negar que o livro é bom porque é.


Arquivado em

____________________________________

 

Um comentário:

  1. O quê??????????? Frankenstein é um dos meus livros favoritos de todos os tempos??

    adoro demais o livro, e tbm adoro o filme de 31 com o Boris Karloff. mas infelizmente o roteiro é bem diferente do livro

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog