29 de dezembro de 2011

Algumas mudanças para 2012

Sempre faço, na virada do ano, uma lista de resoluções para o ano que chega. Bem, para ser sincera, não preciso de desculpas para fazer listas (considerem o fato de que mantenho um caderno para fazer minhas listas, porque papel solto só já não estava dando conta...), mas é sempre bom ter uma justificativa para meus comportamentos obsessivos e bizarros antes que digam que sou uma alienígena disfarçada (estou lendo Protocolo Bluehand, não me culpem!).


Mas antes de fazer A Lista (que virá dia 31), gostaria de fazer uma outra lista com algumas observações para os leitores do Coruja, acerca de mudanças que ocorrerão por aqui.

Não é nada demais, não se assustem. A única coisa que vou fazer é organizar (ainda mais) meu calendário de postagens. Por causa disso, mudei os dias de atualização para terças, quintas e sábados - com "Na sua estante" continuando às sextas até acabar (o que espero, acontecerá ainda no primeiro semestre).

O primeiro sábado do mês será sempre para o Gazeta de Longbourn, que são as resenhas publicadas na JASBRA e aqui, sobre livros que tenham a ver com o universo de Jane Austen.

No segundo sábado tem o Coruja Gourmet: Bode Edition, com o Dé, que vocês já conhecem e confiam.

O sábado seguinte (tudo é sempre no sábado?) vem com meu novo projeto Do Gênesis ao Apocalipse. Como o mundo vai acabar em 2012 (oi?) decidi montar para mim mesma uma espécie de Desafio Literário com livros que de alguma forma estejam ligados a diferentes períodos históricos. É algo como fazer uma retrospectiva literária do começo ao fim do mundo.

Antes que digam que surtei de vez, deixa eu explicar direito, né? Vou começar janeiro falando de O Paraíso Perdido de John Milton, que conta a história da criação do mundo, a queda de Lúcifer e depois do Homem. Em fevereiro vou ler alguma coisa que tenha a ver com um sumérios, ou os babilônios, ou os egípcios ou alguma dessas civilizações primeiras (estou em dúvida entre falar da saga de Gilgamesh ou da série sobre Ramsés... ou talvez eu devesse ler para esse mês o Código de Hamurábi XD). Março serão os gregos (Odisséia, Ilíada, ambas ou nenhuma delas? Vou pensar...), abril tem romanos, maio pode ser Império Bizantino ou entro direto na Idade Média, e sigo pela renascença, absolutismo, revoluções, Guerras Mundiais, pós-modernismo até o apocalipse!

É um projeto que talvez pareça grandioso demais, mas o segredo é não se restringir a autores da época escolhida para o mês (até porque, não tenho muita certeza se vou querer me enfiar em escritos medievais de novo - não depois da experiência com o Rei Arthur...), contanto que a ação da história se passe naquela precisa época.

Em suma, um desafio de romances históricos. XD Alguém mais se habilita? Fiz até um banner bonitinho para quem quiser. HUAHUAHUA...




Por fim, no último sábado do mês, teremos A Vertigem das Listas, título que copiei descaradamente do mestre Eco para uma coluna escrita a quatro mãos com o Dé. A idéia é que a cada mês façamos uma lista com um determinado tema, e numa quantidade estabelecida pelo número do mês. Por exemplo... janeiro é "um começo memorável" (que tem dois, porque dessa feita cada um tem uma opinião), fevereiro são "dois ...", março é "três ..." e assim por diante até dezembro (se o mundo já não tiver acabado).




Os outros dias da semanas serão para resenhas normais e outras loucuras que me derem na telha.

Dia 06 temos a troca normal de layout ao final do período natalino - um layout provisório até o aniversário do Coruja, em maio, quando a Dani vai ter desenhado já o definitivo de 2012 (e já estamos trabalhando nisso... hihihi...). E... bem, acho que é só, né?

Então... só faltam dois dias... e contando!



A Coruja


____________________________________

 

2 comentários:

  1. Oi. Quero te dizer que achei muito legal seu novo projeto, Do Gênesis ao Apocalipse. Muito boa a sua escolha de Milton, já li (pro meu TCC sobre Tolkien, mas tive que descartar esse capítulo porque meu orientador disse que ficaria muito grande. Quase eu morro, passei tanto tempo trabalhando em cima desse aspecto pra nem ser utilizado...) e adorei essa história. Apesar de ser poesia, o que eu tenho uma dificuldade ENORME pra ler.
    Sem querer meter o bedelho, mas posso opinar? Vou adorar se vc falar da saga de Gilgamesh, acho tão bonita essa história, infelizmente tão desconhecida aqui.
    Como conhecemos, digamos, bastante sobre Ilíada e Odisséia, porque vc não escolhe textos mais desconhecidos tipo Kalevala, Beowulf...? Posso, se vc quiser, pesquisar aqui sobre romances pra cada mês. Mas quando vc pergunta se alguém se habilita, vc quer abrir esse desafio para outros blogs? Se sim, me explica melhor, gostei bastante de sua idéia.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Lu, o seu nível de organização sempre me surpreende! Adorei os dois projetos novos e, apesar de ser impossível participar do “Do Gênesis ao Apocalipse”, gostaria de saber se o “A vertigem das Listas” também está liberado para ser adotado =D

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog