1 de novembro de 2011

Conversas Sobre o Tempo: Respondendo dúvidas de leitores... entre outros


Ok, meio mundo aqui sabe que estou enrolada até o meu último fio de cabelo, correndo para dar jeito em todos aqueles últimos detalhes do nosso maravilhoso encontro da JASBRA que começará em menos de quinze dias!

Mas antes que eu me empolgue demais e só fale sobre isso, alguns comentários importantes. Andaram me perguntando esses dias onde faço minhas compras literárias (porque volta e meia aparecem uns títulos aqui no Coruja que é quase impossível de descobrir em qualquer livraria brasileira) e como faço para escapar ao frete.


Bem, primeiro que leio muito - mas muito mesmo - em inglês. A questão toda é que omprar livros em inglês, mesmo pagando em dólar, é mais barato que comprar numa livraria aqui no Brasil. Leio em inglês por uma necessidade finaceira - porque o que gasto com uma tradução, eu compro três no original.

Mas já contei essa historinha antes e já fiz muito bafafá e reclamei e reclamei. O importante aqui é saber onde compro, né?

Bem, normalmente, faço minhas encomendas em dois lugares: a Better World Books e a Book Depository. Ambas não cobram frete para o Brasil; você só tem de ter uma certa paciência para esperar até dois meses pela sua encomenda (o problema todo é quando elas entram aqui no Brasil e ficam enganchadas num Buraco Negro que existe no meio do caminho...). A Better World Books tem duas vantagens: ela vende livros usados - portanto, mais baratos - e quando você compra livros, está também doando livros.

De qualquer forma, as duas têm preços muito bons e sempre fui bem atendida nas duas.

Agora, para escapar ao frete comprando em livraria... Bem, é simples, na verdade. Basta pedir que a entrega da sua encomenda seja feita na loja e não na sua casa. Aí quando chega na loja, eles te ligam e você vai lá receber todo feliz e contente. Aqui no Recife tem a Saraiva e a Cultura, de forma que quando encomendo em qualquer das duas, qualquer que seja o valor, peço para entregarem na loja (você faz um passeio de brinde...).

E, claro, volta e meia elas fazem promoções de frete grátis a partir de determinado valor... é só ficar de olho nessas promoções que você resolve seu problema.

Tendo respondido os dois comentários específicos que me vieram sobre esses assuntos, gostaria de perguntar aos meus caros leitores se eles conhecem algum tipo de ferramenta de comentários que funcione no blogger e me permita responder seus comentários direto no Coruja com vocês recebendo resposta por email e tudo o mais... como o wordpress faz. Isso facilitaria muito minha vida, porque daqui que eu revire tudo para achar o email de fulano e sicrano no perfil do blogger e possa enfim mandar uma resposta... a notícia já é velha e Inês é morta.

Fora que eu gosto muito, mas muito mesmo de conversar com meus quatro gatos pingados que comentam por aqui. Gosto tanto dos meus quatro gatos pingados...

Então, caso vocês conheçam um sistema desses que facilite minha vida, não me faça perder comentários antigos e não desconfigure o blog (tô pedindo nada, né?), mandem email explicando o passo-a-passo (porque são quase três anos de blog e eu só finjo que sei html, certo?)

Feitas estas considerações, vocês já viram o banner com a programação oficial do III Encontro nacional? Ai, meu bebê, tô tão orgulhosa dele...




Para terminar no meu corre-corre habitual... já disse que tô de gesso no pé? Muito triste isso, ninguém vai assinar o gesso, tem nem graça ter torcido o pé assim...



A Coruja


____________________________________

 

3 comentários:

  1. Ó, Lulu, eu não conheço nenhuma ferramenta dessas pra comentários e não sei se no Blogger ainda há a opção de assinar os comentários por feed - daí o assinante recebe cada comentário feito na postagem - mas posso fazer o teste aqui mesmo com esse comentário e depois te digo se deu certo.

    E ah, eu sempre venho aqui quando vc atualiza o blog, na verdade o Coruja meio que virou uma referência pra mim desde que comecei a visitar. Mas não costumo comentar muito porque... er... tenho um pouco de vergonha...

    ResponderExcluir
  2. [O blogger é estranho, hehe, então vou ter que mandar outro comentário pra ativar o feed...]

    ResponderExcluir
  3. Também não sei, se descobrir me avisa porque tá maus, gosto de responder todos os comentários lá no meu mas a dificuldade é que nem sempre aparece o email da pessoa e tenho que entrar no blog dela e procura o email quando aparece. Mas já ajudaria se você liberasse os comentários no seu email, assim já responderia de lá como eu faço.

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog