26 de outubro de 2009

Jigoku Shoujo





A série de 26 episódios Jigoku Shoujo (na versão em inglês, Hell Girl) foi lançada no Japão em 2005 e, pouco depois, teve lançados o mangá e um live action. Em 2007 foi ao ar uma segunda temporada (Jigoku Shoujo Futakomori) e uma terceira (Jigoku Mitsuganae) saiu em 2008.


Eu não li o mangá, nem assisti o live-action; da segunda e terceira temporada, sei o que fui atrás pesquisar. Mas a primeira temporada eu devorei com os olhos, então creio que possa fazer algumas considerações pertinentes para que vocês entendam um pouco sobre essa série e decidam se querem ou não assistir...

Em primeiro lugar, em termos de comparação, eu poderia dizer que JS é uma mistura de Death Note com xxxHolic (aliás, a protagonista da série é a cara da Yuuko).

Na história, os personagens que aparecem a cada capítulo, por um motivo ou outro, desejam se vingar de alguém e acabam por encontrar os meios para tanto na Internet, através de uma página chamada "Linha Direta Inferno" (pois é, o Inferno está se modernizando).

O site só pode ser acessado à meia-noite e nele há apenas uma frase: "sua dor será aliviada" e um campo onde colocar o nome da pessoa sobre quem deve recair a vingança. Mandando a mensagem, o indivíduo é visitado por Enma Ai, personagem principal da história.

Curiosidade... Eu encontrei a página da Linha Direta Inferno na net. Caso você tenha alguém de quem queira se vingar, é só colocar o nome lá e esperar que uma deusa infernal apareça a sua frente para aetar os termos do serviço...

Ai entrega uma espécie de "boneco de vodu" (?!) para seu cliente. Se a pessoa desfazer o laço vermelho que vem nele, então, o contrato será firmado e seu desafeto será imediatamente levado ao Inferno.

Mas...

Quando uma pessoa é amaldiçoada, dois túmulos são cavados. Quando morrer, sua alma cairá no abismo do Inferno. Seu espírito vagará entre a dor e o sofrimento, sem jamais conhecer o paraíso.

O grande ás do anime é, sem dúvida alguma, a Ai. A história da garota de olhos vermelhos que lidera a pequena trupe responsável por criar as vinganças que recaem sobre aqueles que foram amaldiçoados; ou, mais exatamente, o passado dela, é que realmente chama a atenção.

Há quatrocentos anos, considerada estranha por todos de sua vila, Ai era uma pária, sendo então escolhida para servir como sacrifício aos deuses da montanha. Por motivos que não irei contar aqui para não estragar a surpresa para aqueles que quiserem assistir a série, ela mesma se “vingou” de sua vila, recebendo como castigo o papel de Donzela do Inferno.

Na minha opinião, a série ficou muito extensa e, a partir do quinto, sexto episódio, começa a se tornar cansativo ver alguém que fica com raiva de outra pessoa, escuta por acaso sobre a Linha Direta Inferno, decide se vingar, aparece a Ai e etc, etc, etc.

Talvez tivesse sido mais inteligente da parte dos produtores ter planejado a série como um OVA, focando mais no drama da Ai – que é uma personagem cheia de potencial – e diminuindo o número de “clientes”, visto eles servirem apenas como o catalisador da Ai, que, ao final das contas, é a personagem principal.

Enfim, se fosse para atribuir uma nota ao anime, de 1 a 10, eu daria 8. A animação é muito bem feita, a trilha sonora é legal e os personagens são carismáticos, mas, como dito anteriormente, não havia necessidade de se estender tanto – uma série de quatro a cinco OVAs teria sido suficiente (e, com isso, certamente teria nota 10).

Em último caso, vocês sempre podem pular do capítulo 3 para o 24... hohoho... O grande incêndio... Músicas sobre cerejeiras... Sangue...

Ok, sem mais comentários ou entrego o fim. Fica a critério de vocês assistir ou não agora...


A Coruja


Arquivado em

____________________________________

 

Um comentário:

  1. Engraçado, Lulu! Você adora animes e mangás com oceanos de sangue... e não consegue ler Hellsing?

    Conta por quê! Fiquei curiosa ^^

    Beijoca!

    ResponderExcluir

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog