21 de julho de 2009

A Formatura - Making-of: Lulu à indiana




Sim, acreditem se quiserem, mas a indiana acima é a Lulu. Como todo mundo sabe, Lulu está se formando e as festividades da formatura começaram nesta sexta com uma farra à fantasia.

Bem, a coisa começou da seguinte maneira...
fomos avisados que sexta-feira teríamos de nos encontrar no estacionamento do shopping Tacaruna de onde um ônibus nos levaria a um local desconhecido, onde seríamos convidados de uma festa temática de tema desconhecido, indo para este encontro vestidos de forma não descritiva (formandas como moi deveriam se apresentar de calça legging e blusa baby look de quaisquer cores MENOS preta e branca), colocando nossos destinos nas mãos da comissão de formatura até o dia seguinte sem qualquer pista do que nos esperaria.

A farra, é claro, começou no estacionamento, continuou no ônibus e, quando chegamos ao local da festa, foi saudada com fogos de artifício e um monte de dançarinos que, se você prestasse atenção na conversa deles, estavam discutindo sobre quem era Bahuan (não perguntem...). Por fim, antes que pudéssemos dizer “ali bába” (ou sei lá o que dizem na novela), havia um time de moças nos vestindo com sáris e túnicas, enfiando brincos, pulseiras, pulseiras e mais pulseiras na gente e nos encaminhando para a maquiadora, quando então éramos levados ao salão-tenda, onde era servida comida indiana, com chá indiano, ao som de música indiana.

Lá pela meia-noite, começaram a tocar forró.

Não me estenderei em detalhes. Tudo o que posso dizer é que no sábado amanheci sem querer colocar o pé no chão, porque estava toda dolorida de tanto dançar. E isso porque disseram que eu ia dormir na festa – a turma estava achando que só porque sou quietinha no meu canto, ia me sentar e só olhar a farra a noite inteira...

E a coisa está só começando... Sexta agora é a aula da saudade, depois da qual viajo para Alagoas para o casamento de um primo, volto rapidamente para continuar com as solenidades e, dia 31...

Huhauhauhahuahua... Esse baile vai ser uma onda...


A Coruja


____________________________________

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre

Livros, viagens, filosofia de botequim e causos da carochinha: o Coruja em Teto de Zinco Quente foi criado para ser um depósito de ideias, opiniões, debates e resmungos sobre a vida, o universo e tudo o mais.

Cadastre seu email e receba as atualizações do blog

facebook

Arquivo do blog